Publicidade
Publicidade

Milhares de mulheres são vítimas diariamente de pessoas que diziam que seriam os seus companheiros, mas acabam se tornando um verdadeiro problema na vida delas. Muitas delas chegam a perder as suas vidas nas mãos daqueles que as amavam, endossando as estatísticas sobre o #Feminicídio em todo o país. Uma tragédia envolvendo a família de uma mulher no interior de Minas Gerais terminou com a morte de seu agressor. O crime chocante aconteceu em São Sebastião do Maranhão, que embora leve o nome do estado nordestino, a cidade fica em Minas Gerais, na região do Rio Doce, e foi lá que o crime aconteceu.

Homem foi assassinado com pedaço de madeira por sogro no interior de Minas Gerais

Rodrigo Pio Simin, de 31 anos, foi assassinado após agredir sua esposa e arrastá-la pelos cabelos com o filho recém-nascido do casal.

Publicidade

O pai [VIDEO] da jovem ficou aflito ao ver o que o homem fazia com a sua filha, e resolveu entrar na confusão e acabou matando o homem com diversas pauladas na cabeça após os dois entrarem em luta corporal. O crime aconteceu no último domingo (29) durante a noite, por volta de 19h30. O homem teria ameaçado sua esposa com um facão e foi somente após uma testemunha conseguiu desarmá-lo que a mulher deixou de correr riscos.

Mulher apanhava de companheiro no momento em que seu pai resolveu intervir

Mas momentos depois Rodrigo estava novamente armado, após a testemunha ter jogado fora o facão que ele utilizava para ameaçar a sua mulher. Novamente Rodrigo buscou encontrar outra arma, e trinta minutos depois, o agressor estava com uma foice, ameaçando a vida da esposa novamente.

Ricardo pegou então a mulher pelos cabelos e resolveu arrastar ela pela rua com a criança que acabou de nascer em seu colo.

Publicidade

O homem foi tão violento que conseguiu arrancar parte do couro cabeludo da mulher enquanto ele a arrastava pelo chão, de acordo com informações que constam no boletim de ocorrência registrado na polícia militar sobre o caso.

Foi neste momento que o pai da jovem resolveu agir, quando viu o que o genro fazia com a sua filha. [VIDEO] Os dois entraram em luta corporal e Rodrigo chegou a acertar um golpe na cabeça de seu sogro, que caiu no chão. O agressor então começou a dar vários chutes no homem, até que a mulher que via seu companheiro agredir brutalmente o seu pai resolveu agir, mesmo cuidando da criança recém-nascida em seu colo.

Foi aí que ela decidiu agir para salvar a vida de seu pai, e em um gesto heroico ela empurrou o homem que estava agredindo o sogro, depois de deixar o bebê no chão para salvar a vida de seu pai. O homem conseguiu levantar e pegou um pedaço de madeira, que utilizou para matar Rodrigo, em legítima defesa, segundo consta a investigação. #Caso de polícia #São João do Maranhão