Publicidade
Publicidade

A tragédia de #Janaúba, em Minas Gerais, marcou a pequena cidade que fica no norte do estado. Após um homem atacar uma #Creche com dezenas de criança colocando fogo no local, a tragédia resultou na morte de cinco crianças entre quatro e cinco anos de idade. Além dos pequenos, o homem que ateou fogo contra as crianças acabou morrendo e também uma professora, que está sendo considerada heroína por muitos na cidade. A professora Heley Abreu não resistiu aos ferimentos após 90% do seu corpo ser queimado tentando salvar a vida das crianças. A professora, que é mãe de três filhos, tentou impedir que o vigia atacasse às crianças e seu ato heroico acabou lhe custando a vida.

Publicidade

Professora deu a sua vida para salvar a vida de várias crianças no incêndio

Mãe de três filhos, Heley morreu aos 43 anos na tragédia em Janaúba - MG. [VIDEO]A professora foi considerada uma verdadeira guerreira por ter enfrentado o vigia Damião Soares dos Santos no momento do ataque que poderia ter resultado em mais mortes. A professora ajudou a salvar seus alunos através da janela, após o vigia trancar as salas com as crianças e atear fogo na creche que fica em Janaúba – MG.

Mesmo com o corpo queimado, Heley encontrou forças para pular seus alunos pela janela enquanto o fogo a consumia. A atitude heroica da professora pode ter salvado a vida de várias crianças que poderiam ter sido mortas, se não fosse a ajuda dela que entregou a sua vida para salvar a vida de seus alunos que estavam sendo consumidos pelo fogo em uma das maiores tragédias relacionadas a crianças já registrada no país.

Publicidade

Vigia tinha falado sobre crime dias antes de comparecer à creche

Mais de vinte pessoas continuam internadas e algumas em estado grave após resistirem aos ferimentos provocados por diversas queimaduras. Damião foi acusado de ter premeditado o crime, e dias antes contou sobre o que faria a sua família. [VIDEO] O homem trabalhava na creche e compareceu ao local para entregar um documento que o licenciou por alguns dias de seu trabalho.

O vigia utilizou a desculpa de que iria distribuir picolés as crianças para chegar até a sala de aula, no momento em que ele começou a espalhar álcool pelo local, inclusive em seu corpo. Momentos depois Damião ateou fogo contra si mesmo e diversas crianças, em uma das cenas mais angustiantes em um dos crimes mais perversos contra crianças já registrados em Minas Gerais e em todo o Brasil.

Nas redes socias há uma grande tristeza e revolta por causa desse crime terrrível. #TragediaJanauba