Publicidade
Publicidade

Estão cada vez mais frequentes os relatos de abusos sexual dentro de transportes públicos. Somente nas últimas semanas foram registrados vários boletins de ocorrência contra homens que se aproveitaram da superlotação desses transportes para praticarem atos obscenos [VIDEO] contra as mulheres. Mas a população já está ficando farta desse tipo de comportamento. Prova disso foi o que aconteceu nesta terça-feira (3) durante uma viagem de trem no Rio de Janeiro.

Uma mulher, que não teve o nome divulgado, diz ter sido vítima de um homem que estava se masturbando perto dela. Ela contou que o homem se aproveitou que o vagão estava cheio para cometer o ato libidinoso.

Publicidade

Disse também que, em um certo momento, chegou a pedir desculpas para o homem por pensar que havia encostado nele sem querer.

“Eu senti bater no meu braço, eu achei que eu tinha esbarrado, pedi desculpas. Do nada começou uma velocidade mais forte. Quando olhei ele estava quase ejaculando, foi quando eu saí e fiz o meu escândalo”, relatou a vítima.

A mulher é casada e tem um filho de 10 anos. Ao verem o desespero da mulher, os passageiros tomaram uma drástica atitude. É possível ver pelas imagens que primeiro eles começaram uma discussão com o homem. Em seguida, os passageiros começaram a agredi-lo com socos e empurrões. “Não vai descer não”, dizia um passageiro para o acusado. “Chama o guarda, ai, chama o guarda”, gritava outros passageiros.

O nome do homem é Rafael da Silva Bayma, de 27 anos.

Publicidade

Na delegacia, ele disse que já foi militar da Marinha, mas que não atua mais. De acordo com o Código Penal, ele poderá pegar até dois anos de prisão.

Ele segue preso aguardando ordem da Justiça. Segundo a empresa responsável pelo segurança do transporte ferroviário, há poucos dias outro caso similar aconteceu no trem. O homem também foi pego pelos seguranças e preso pela Polícia Militar. Veja o vídeo da reação dos passageiros:

Impunidade

Não são em todos os casos que o abusador recebe a devida condenação pela Justiça. Há alguns meses, um homem foi pego em flagrante após ejacular em uma mulher dentro de um ônibus em São Pauçp. O cobrador conseguiu prender o homem dentro do ônibus até a chegada da polícia.

O homem ficou preso por poucas horas. O juiz alegou que considerou seu crime de pequena relevância e disse que não teria motivos para mantê-lo preso. A decisão do juiz foi duramente criticada por várias pessoas públicas. Artistas famosos lançaram nota nas redes sociais repudiando a decisão do juiz. #Metrô #riodejaneiro