Publicidade
Publicidade

Um homem foi preso sob a acusação der ter abusado sexualmente de uma menina de apenas 5 anos de idade em #Manaus, no #Amazonas. A vítima tinha o acusado como um pai, pois o mesmo convivia com sua mãe há alguns anos. Ela foi violentada no último sábado (7) e o ocorrido tornou-se notícia em todo o Brasil.

A mãe da vítima, de 19 anos, afirmou que convivia com o acusado e que ambos moravam em uma residência humilde e que a criança tinha problemas de autismo. Mesmo carregando uma deficiência em seu corpo, a vítima não conseguiu se livrar do ato bárbaro praticado por seu padrasto. O homem praticou os atos ainda na residência, que mesmo sendo pequena, ele conseguia dar um jeito.

Publicidade

Usuário de drogas abusa da enteada de 5 anos com deficiência em Manaus

Por ser deficiente e ainda ser menor de idade, o nome da vítima não foi revelado pela polícia, que afirma que o padrasto teria cometido o crime quando estava sob o uso de drogas.

De acordo com a mãe da criança, ela estava amamentando outro filho, quando de repente acabou pegando no sono. Neste momento, o padrasto, supostamente sob os efeitos das drogas, se dirigiu ao quarto onde estava a menor e cometeu os atos terríveis contra a mesma.

A mãe da menina acordou ao ouvir o choro da criança, que gritava por sentir fortes dores nas partes intimas. Quando ela foi até o quarto, o homem já não estava mais abusando da menina, porém, ela o questionou se ele havia feito algo para que ela estivesse chorando de tal modo [VIDEO].

Ele simplesmente negou que teria feito qualquer coisa contra a menina e que apenas entrou no quarto para ver o que estaria acontecendo.

Publicidade

O abuso só foi descoberto horas depois, quando a mãe da garota resolveu dar o banho na menina.

Mãe descobre estupro após ver frauda da filha autista cheia de sangue

Ela contou a polícia que percebeu algo estranho em sua filha, pois alegava sentir fortes dores. Quando ela foi dar o banho na menina, acabou percebendo que a fralda estava com marcas de sangue. Chocada com o que viu, ela foi até o homem e voltou a questioná-lo sobre o que teria ocorrido com a menina. Ele negou novamente que tivesse feito algo com a mesma, ao insistir na pergunta, ele acabou confessando ter abusado a menina. A mãe ficou revoltada com o que ouviu e passou a discutir com o rapaz.

O que mais chamou a atenção no caso foi que o acusado teria dito para a mãe da menina que a vítima merceia passar por muito mais, pois o que tinha feito ainda era muito pouco.

Até o fechamento desta matéria, ainda não há informações sobre a prisão do acusado. #estupro de vulnerável