Publicidade
Publicidade

Um dos casos que mais chamou a atenção, no Brasil, foi o da menina Isabella Nardoni. [VIDEO]Ela foi morta pela madrasta, Anna Carolina Jatobá, e pelo pai, Alexandre Nardoni. O crime ocorreu em 2008. Na época, Anna Carolina acabou sendo condenada a 26 anos de prisão.

No entanto, menos de 10 anos após o terrível crime, ela conseguiu um polêmico benefício da justiça e está, ainda que temporariamente, livre. De acordo com informações do portal de notícias G1, em matéria publicada nesta terça-feira (10), Jatobá conseguiu o direito da chamada "saidinha" de feriado. No caso, ela deixará a prisão no Dia das Crianças mesmo tendo sido considerada uma assassina de crianças. [VIDEO]

Anna Carolina Jatobá passará feriadão do 'Dia das Crianças' com família

De acordo com o G1, desde que foi presa, essa será a primeira vez que a presidiária deixará a cadeia.

Publicidade

Ela já estava no chamado regime semiaberto, mas somente agora o benefício da "saidinha" foi dado à moça. A justiça concedeu o benefício após um pedido dos advogados de Jatobá.

A presidiária é umas das internas da Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier – conhecida como a P1 feminina – desde 2008. A unidade é famosa por ter em suas dependências presas de casos de grande repercussão, como Suzane von Richthofen, condenada pela morte dos próprios pais.

Soltura de madrasta da menina Isabella gera revolta nas redes sociais: 'Justiça frouxa'

O assunto ganhou grande repercussão nas redes sociais. Houve quem defendesse a saída da madrasta de Isabella, mas também quem se posicionasse contra. "A prisão no Brasil foi feita para reeducar, por isso nenhum detento pode ficar preso por 30 anos, independentemente do crime.

Publicidade

O presidiário(a) tem direito ao semiaberto após cumprir um sexto da pena. Dia das crianças é um feriado, então, ela tem o direito de sair", disse um dos internautas defendendo o direito da madrasta.

No entanto, muitas pessoas também mostraram-se completamente revoltadas diante da decisão da justiça. "Provavelmente estará feliz em ficar perto dos filhos dela neste dia...direito que foi tirado da mãe da Isabela", disse um dos internautas ao falar sobre o caso. As leis brasileiras também foram amplamente criticadas. "Uma participou do assassinato dos pais, e a outra de uma pobre criança indefesa, lindas na mesma foto, uma dá uma saidinha no dia das crianças, outra sai no dia dos pais, desculpem, mas isso dá náuseas", criticou outro. #Isabella Nardoni #Jatobá