Logo após o vigia atear fogo nas crianças da creche em Janaúba [VIDEO], cidade do Norte de Minas Gerais, alguém registrou as imagens das pessoas desesperadas, colocando para fora as crianças que não foram atingidas, enquanto outras enchiam baldes de água e jogavam no fogo, que se alastrava para outros cômodos. Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na creche e disse às crianças que ia dar picolé a elas. A garotada se reuniu em volta do via e ele jogou álcool nelas e também em seu corpo, ateando fogo logo em seguida.

O fogo se alastrou rapidamente, atingindo as crianças que corriam e gritavam de dor. Em poucos segundos, o fogo já tinha atingido também os livros, brinquedos e até o forro da creche.

Publicidade
Publicidade

Se as pessoas não tivessem agido rapidamente, esta tragédia poderia ter feito ainda mais vítimas.

No vídeo abaixo é possível ver que [VIDEO]os policiais militares também ajudaram no salvamento das crianças e até carregaram água, para ajudar a conter o incêndio. Uma mulher com queimaduras aparece no vídeo e ela fica sem saber o que fazer, pois quer ajudar as crianças que não foram retiradas da creche.

A Prefeitura de Janaúba informou que o vigia era funcionário da creche desde 2008, mas nunca foi levantando qualquer suspeita do que pretendia fazer. Ele tinha retornado de férias, mas logo entrou de licença médica.

Veja no vídeo o desespero das pessoas e logo no início é possível ver muita fumaça e uma mulher com a roupa toda queimada, com a mão na cabeça, desesperada. Uma mulher tenta reunir as crianças do lado de fora da creche, enquanto outras entram para ajudar de alguma forma.

Publicidade

Muitos homens ajudam a levar água para apagar o fogo, tampando o rosto com a camisa por causa da fumaça que era muito forte.

Abaixo, este outro vídeo mostra uma repórter da Rede Globo que entrou na creche, pouco depois da tragédia. Ela mostrou que as mochilas das crianças foram levadas para uma área externa. Pela janela, ela mostra o tamanho da destruição e como o fogo destruiu boa parte da creche. O fogo atingiu o teto do prédio, que era de plástico e assim as chamas se alastraram mais rapidamente.

Em Belo Horizonte, o Hospital João XXIII recebeu várias crianças em estado grave. Estes hospital é especializado no atendimento a pessoas com queimaduras. Algumas pessoas deixaram na porta do hospital mensagens e flores para as vítimas. Uma senhora deixou uma mensagem de solidariedade para as crianças. Familiares choravam muito, sem entender direito o que tinha acontecido e como aquele vigia foi capaz de cometer um crime tão bárbaro.

#Caso de polícia #crime bárbaro #creche janaúba