Publicidade
Publicidade

Perigo: ao brincar com #botijão de gás crianças acabam sofrendo graves consequências e levando dor e sofrimento para familiares no estado de Pernambuco. Tudo aconteceu nessa última terça-feira, 31, em uma região conhecida pelo nome de “Floresta”, localizada no Sertão de Pernambuco. As crianças moram na rua chamada Kepler Lafayette, no Bairro Santa Rosa. Uma menor de 4 anos e o seu irmão, também menor de idade, estavam em uma casa brincando normalmente como todas as crianças fazem. No entanto, em dado momento, elas acabaram percebendo a presença de um botijão de gás, e aí foi onde a tragédia começou. [VIDEO]

Geovânia Vitória, a criança, viu um cilindro de gás ar-condicionado em um canto da casa e, junto ao seu irmão, acabou indo até o local para brincar com o objeto.

Publicidade

Vizinhos contaram que eles se divertiam com o botijão de gás quando perceberam uma explosão no local onde as crianças estavam. Geovânia acabou falecendo mesmo antes de chegar ao hospital e o seu irmão, que também acabou sofrendo as consequências da explosão do cilindro, chegou com vida ao hospital local e recebeu os primeiros socorros. [VIDEO]

Devido à gravidade do acontecimento, o irmão de Geovânia precisou ser transferido para o Hospital da Restauração (RH) da capital, Recife, localizado no bairro Derby, uma área central do Recife – a transferência do menor de idade aconteceu devido à gravidade dos ferimentos. Segundo a polícia, através do delegado responsável pelas investigações do acontecimento, Roberto Campos, hoje, 1, o IC – Instituto de Criminalística irá fazer a perícia do local onde aconteceu a tragédia para entender o que aconteceu [VIDEO] para que o botijão de gás viesse a explodir.

Publicidade

O perigo de crianças ficarem sozinhas

Especialistas dizem que crianças e adolescentes até os 14 anos de idade jamais devem ficar sozinhos, pois, de acordo com esse pensamento, essas pessoas ainda não são capazes de cuidarem de si mesmas e muitas vezes não conseguem distinguir o que pode causar um dano em seu corpo, do que não pode causar. No Brasil, a lei diz que pais, mães ou responsáveis não podem deixar crianças menores de 14 anos sozinhas em casa, e isso pode se caracterizar como ‘abandono de incapaz’. Caso algum responsável seja pego nessa situação pela Justiça brasileira, ele pode ter que pagar cerca de seis meses de detenção.

Para a lei, somente a partir dos 16 anos é que a pessoa tem capacidade de ‘se virar sozinha’, ou seja, pode conseguir distinguir o que pode lhe causar algum dano físico ou psicológico ou não. Portanto, é sempre interessante que pais ou responsáveis prezem para que seus filhos nunca estejam sozinhos. #notícias quentes