Publicidade
Publicidade

Presidente da República, Michel Temer (PMDB) publicou um artigo veiculado pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira, dia 14. Intitulado “O Brasil voltou aos trilhos”, o texto assinado pelo presidente defende as medidas tomadas pelo governo e afirma que o Brasil já se recuperou da crise financeira.

No artigo, Temer também abordou a nova lei trabalhista [VIDEO], que começará a valer nesta semana. Segundo o peemedebista, a nova legislação “está conectada com as novas formas de emprego que o avanço tecnológico nos traz”.

No mesmo parágrafo, o presidente aproveita para elogiar seu governo, afirmando que as mudanças não são apenas manobras políticas.

Publicidade

“Dizer que estamos mudando o Brasil não é discurso político, é a mais pura verdade”, completou Temer.

Citando diversos dados e números, Temer usa o texto para tentar transmitir otimismo e defender as impopulares medidas aplicadas por seu governo. Já no final do artigo, o presidente afirma ter “convicção que não há tempo a perder”, e que irá seguir adiante nas reformas propostas. “Vamos aprovar a reforma da Previdência, eliminar privilégios e garantir a solvência e a sobrevivência do sistema”, escreve.

Mesmo com uma das mais baixas popularidades já registradas para um presidente brasileiro em exercício, Temer – cujo governo tem sido marcado por diversos escândalos e acusações de corrupção – mantém um tom otimista durante todo o governo. Na última linha, o presidente encerra sua coluna opinativa com uma frase que tenta transmitir otimismo para a população, cada vez mais descrente na classe política.

Publicidade

“Agora o Brasil vai avançar mais”, encerra Temer. Resta saber se o tempo dará razão ao presidente, cuja reputação se afunda um pouco mais a cada mês. #reforma trabalhista #Crise econômica #Michel Temer