Publicidade
Publicidade

Crimes bárbaros [VIDEO] sempre chocam a população e alguns casos ganham repercussão nacional ou até internacional. O rime que aconteceu recentemente com a jovem #Kelly Cadamuro ganhou novos detalhes horríveis. O assassino não ficará impune e será indiciado por estupro e ainda por ocultar um cadáver.

A garota deu carona por meio de um aplicativo e o desenrolar da história fez o Brasil se entristecer e ficar em alerta. O assassino não teve pena de Kelly Cadamuro e fez barbaridades com a garota durante o tempo em que ela esteve com ele. Ele planejou o crime e ainda matou, constrangeu a jovem, mostrando desprezo pela figura feminina.

Publicidade

O rapaz cometeu o crime de feminicídio, que é um termo de crime de ódio baseado no gênero, amplamente definido como o assassinato de mulheres, mas as definições variam dependendo do contexto cultural.

Ao saber que Kelly Cadamuro estava oferecendo carona em um grupo de WhatsApp, Jhonatan Pereira Prado revelou que queria viajar pelo mesmo trecho. Quando a moça resolveu dar uma parada para urinar, o criminoso aproveitou a situação para golpear a jovem no rosto. Kelly reagiu, mas não conseguiu fazer muita coisa, já que foi encontrada quase sem roupa perto de um rio e com a cabeça imersa na água.

Causa da morte da moça que deu carona é revelada

Asfixia mecânica foi a causa da morte da jovem e, com o fim do inquérito, o assassino também será indiciado por estupro, apesar de afirmar que não estuprou a loira.

Publicidade

Ele contou detalhes do crime e todas as brutalidades que fez com Kelly, mas em nenhum momento disse que a estuprou. Mas quando ele foi perguntado sobre o que aconteceu com as roupas dela, o homem pareceu meio confuso e se contradisse. Cadamuro estava sem a calça e as calcinhas e isso já é um indício de constrangimento. Mas quem vai julgar o rapaz é a Justiça, que vai dizer se ele estuprou ou não a moça. Vale ressaltar que nem o laudo e nem as preliminares acusaram estupro, mas o fato dele ter constrangido a jovem quando tirou as roupas íntimas dela faz com que ele possa ser condenado por estupro segundo as leis brasileiras.

Jhonatan Pereira Prado deve continuar preso

O que as pessoas querem no momento é justiça para Kelly Cadamuro [VIDEO], que não merecia passar pelo que passou. Jhonatan tomou uma bela surra dos seus colegas de cela depois de descobrirem o que ele teve coragem de fazer com uma mulher e agora ele está em uma cela separada. Seu liberdade não foi autorizada pelas autoridades e ele deve continuar preso preventivamente. #estupro de vulnerável #moça que deu carona