Publicidade
Publicidade

As crianças buscam nos pais o apoio necessário para sobreviverem até alcançarem a vida adulta, e muitos dos filhos [VIDEO]ainda continuam vivendo com os pais mesmo depois de ficarem mais velhos. O laço familiar é essencial para a construção da personalidade de uma criança, além dos cuidados básicos e necessários que os pequenos e indefesos necessitam. É nos pais que as crianças encontram a figura responsável por elas, e em alguns casos, em seu tutor legal. Qualquer coisa que aconteça com uma criança, o seu responsável legal deverá responder sobre o caso, mas quando é alguém próximo demais a ela que comete um crime, a criança não sabe como se defender, e em muitos casos, muitas crianças sofrem em silêncio durante longos anos de abuso.

Publicidade

Depois de ser dopada, uma menina de 14 anos entregou o seu pai às autoridades, acusado de ter cometido #Abusos sexuais contra ela.

O homem tem 48 anos e o crime aconteceu em Vespasiano, zona metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. O homem é acusado de ter dopado e abusado de sua própria filha, uma adolescente de 14 anos, que procurou ajuda dos familiares para denunciar o pai. O pai da adolescente utilizou um copo com refrigerante para dopar a menina, e possivelmente colocou algum remédio para que ela dormisse logo após tomar o refrigerante que o pai ofereceu a ela.

A menina contou aos policiais que estava sozinha com o pai na residência no momento que o abuso aconteceu. Foi ela quem relatou o que sentiu após ingerir o copo de refrigerante com algum tipo de sonífero.

Publicidade

A criança relatou que sentiu tonteira, logo após tomar o refrigerante e não demorou muito para que ela desmaiasse completamente. Antes de perder a consciência totalmente, a menina contou às autoridades que se lembra do pai acariciando o seu corpo, mas como ela não conseguia reagir, o abuso aconteceu logo após a criança adormecer completamente.

Quando a menina acordou, momentos depois de ter tomado o copo de refrigerante, o pai dela já não se encontrava mais na residência da família, que fica no bairro Jardim Daliana. Neste momento, ela também percebeu que o short que ela usava foi tirado de seu corpo, assim como o seu vestido que estava levantado. Assustada, a menina procurou ajuda da irmã para denunciar o pai. [VIDEO]

Depois do abuso, a criança foi até a casa da irmã, que fica no mesmo lote em que ela vivia com os pais. As duas seguiram para a casa de outros familiares em outra cidade, em Belo Horizonte, para prosseguirem com a denúncia. A adolescente forneceu o endereço que seu pai deveria estar aos policiais e o homem foi preso em flagrante. Na prisão, o homem reagiu e chegou a quebrar o dedo de um dos policiais durante a ação. #Pedofilia #Caso de polícia