Publicidade
Publicidade

Ana Carolina Souza Vieira, uma bailarina que atuou no 'Programa do Faustão', na Globo, bela de apenas 30 anos, foi encontrada morta em seu apartamento em São Paulo em 2015. O suspeito que acabou confessando o crime é um velho conhecido da dançarina e responde pelo nome de Anderson Rodrigues Leitão, 27 anos. O crime abalou o Brasil por conta da crueldade e agora tem seu desfecho revelado.

Ana Carolina era cearense, mas vivia em São Paulo, por conta da profissão e foi encontrada sem vida em seu apartamento que ficava na Rua Vergueiro, no Sacomã, na Zona Sul de São Paulo. A moça tentava alavancar a carreira de bailarina na capital paulista.

Publicidade

Noivo confessou a morte e disse que também tentou se matar, mas não foi tão eficiente

Anderson Rodrigues Leitão era o principal suspeito e era noivo da vítima. Ele acabou assumindo a autoria da barbaridade e foi julgado por um júri popular, cujo veredito foi dado nesta terça-feira, 5.

Segundo o homem, o crime teria sido cometido por ciúme, aliás, mesmo motivo das agressões de Naldo Benny a sua esposa, Mulher Moranguinho. O homem não suportava ver a mulher em atividades sociais e acabou ceifando sua vida sem lhe dar oportunidade de negar uma possível traição.

A morte foi por estrangulamento e disse que havia tomado veneno de rato para morrer ao lado de sua namorada. Mas ele acabou não sendo tão eficiente em sua morte, assim como foi com a morte de sua companheira. Ele foi indiciado por homicídio e ocultação de cadáver. [VIDEO]

Réu condenado em 11 anos e 4 meses

Depois de ser submetido a um júri popular o homem acabou condenado, nesta terça-feira, 5, a 11 anos e 4 meses de prisão pela morte por asfixia sua es-namorada.

Publicidade

O réu ainda roubou cartões e dinheiro da vítima na época. O crime de feminicídio e a ocultação de cadáver não foram imputadas ao réu, pelo júri que o inocentou dessas duas acusações.

Ana Carolina teve uma rápida participação no Programa do Faustão e tentava emplacar a carreira de dançarina em São Paulo.

Segundo o relato de confissão do autor: “Montei em cima dela e a esganei com as minhas próprias mãos”, disse Anderson em 2015. Ele alegou ainda ter tentado se suicidar em seguida, tomando veneno. Ele já estava preso desde então e continuará preso, para completar sua pena em regime fechado.

Não perca também

Mulher leva uma surra por cada 'like' que recebe no Facebook: 'Prefiro a morte' [VIDEO]

‘Meninas bonitas não comem’: infeliz com o corpo, criança ceifa sua própria vida [VIDEO]

Veja uma foto de Ana Carolina Souza Vieira, a bailarina do Faustão morta por seu namorado

#Faustao #bailarina do Faustão