Publicidade
Publicidade

Uma síndica de um prédio em Belo Horizonte, no bairro de Parque São José, na região Oeste da capital mineira, foi interpelar uma vizinha por conta do choro de seu bebê. A mulher era suspeita de agredir frequentemente o pequeno bebê de apenas dois anos e o resultado desta conversa acabou sendo muito trágico.

O bebê de apenas dois anos chorava muito e os vizinhos sempre ouviam e se preocupavam com a integridade da criança. Recebendo algumas reclamações e denúncias de outros vizinhos, a síndica resolveu ver o que acontecia na residência. Ela usou o interfone para se comunicar com a mulher e então recebeu o convite para ela subir até a porta da vizinha.

Publicidade

Era segunda-feira (25), por volta das 20h e a síndica então foi convidada a entrar, pois, segundo a mãe, ela deixaria a porta aberta.

Ao adentrar na residência o pior acabou acontecendo.

Síndica é assassinada por vizinha que agredia criança de dois anos

Você viu na imagem deste artigo uma mulher com notas de R$100,00 espalhadas pelo corpo, estilo Bibi Perigosa. [VIDEO] Ela é a mãe que acabou tendo uma atitude violenta e matando a síndica de seu prédio, uma mulher de 37 anos.

Segundo vizinhos, a mãe agredia o filho de dois anos com frequência. A outra filha nem mais morava com a ela, já estava morando com o avô, por conta de possíveis agressões anteriores. Uma vizinha disse que a criança apanhava na cara com um chinelo.

A síndica então interfonou e tentou saber o que se passava. Foi então convidada a ir até o apartamento da assassina e que poderia entrar.

Publicidade

Foi no local que ela acabou recebendo uma facada que perfurou pescoço, uma artéria e o pulmão. A vítima ainda saiu correndo pelas escadas sangrando, foi socorrida às pressas, mas morreu a caminho do hospital.

A vítima deixou um filho de 12 anos e outro de 1 ano e meio. O filho maior presenciou a mãe ferida e gritou por socorro em desespero.

Assassina tentou fugir com a faca e com o filho, mas foi detida por vizinhos

A assassina tentou ainda fugir do local do crime, mas foi contida por vizinhos. Ela foi presa em flagrante e ainda ameaçou matar todos os vizinhos quando fosse solta. Ela e o marido ostentavam armas e dinheiro em redes sociais. Em uma delas, inclusive, lembrou a cena de Bibi Perigosa, repleta de dinheiro sobre seu corpo.

O menino foi acolhido pelo Conselho Tutelar.

Para vizinhos, o crime foi premeditado. "Quando a síndica falou que ia subir, ela falou: 'Sobe, que a porta está aberta'. Então, ela já premeditou tudo. Ela só estava aguardado o momento certo", acredita um vizinho.

Veja mais notícias cruéis

A reviravolta que revelou o verdadeiro assassino de Daniella Perez [VIDEO]

Ex de Gerson Brenner, acusada de roubá-lo, mostra lado cruel da família: 'falsa' [VIDEO] #sindica morre #choro do bebê