Publicidade
Publicidade

Três suspeitos de terem matado e esquartejado duas crianças no bairro de Lomba Grande, em Novo Hamburgo (RS), no mês de setembro passado, foram presos no último dia 27 em um templo religioso destinado a Lúcifer, na região metropolitana. Na ocasião do crime, várias partes dos corpos das duas crianças teriam sido encontrados dentro de sacos plásticos na Estrada Porto das Tranqueiras.

Dias depois, dois crânios foram encontrados dentro do Parque do Trabalhador, na região de São Leopoldo. Segundo a polícia [VIDEO], os corpos pertenciam a uma menina, que teria idade entre 10 e 12 anos, e um menino, que teria entre 8 e 10 anos de idade.

Publicidade

Quando a #Polícia chegou ao templo religioso, se deparou com uma estátua de Lúcifer e à frente da imagem tinha uma bacia com sangue e um crânio humano dentro.

Um dos presos seria o líder satanista [VIDEO], que não teve o nome divulgado. Segundo a imprensa local, ele poderia ter matado as crianças para fazer um ritual de prosperidade. Ele prega que Lúcifer seria a salvação da humanidade e sempre propõe pacto com o diabo em busca de uma vida melhor. Para o líder da seita, o diabo faz o bem e ajuda a resolver diversos tipos de problemas, como vícios, financeiros e amorosos. Em conferências, ele menciona diversos rituais, mas nenhum deles com sacrifícios humanos.

Em um ritual mencionado por adeptos desta seita, que é relatado que para se trazer prosperidade, é preciso usar uma cabeça, sangue e parte da coxa de uma criança.

Publicidade

Esse tipo de feitiçaria seria muito cara e seria praticado somente por um grupo seleto de pessoas.

Os restos dos corpos encontrados estavam secos sem sangue. Provavelmente teriam sido colocados em algum lugar para que o sangue escorresse. Partes das pernas também estariam sem pedaços da coxa, só com o osso, e as cabeças sumiram. Com isso, tudo leva a crer que esse tipo de ritual teria sido utilizado.

De acordo com as investigações da Delegacia de Homicídios, as crianças podem ser de outros países, pois os dados coletados de DNA não foram encontrados nos bancos dos sistemas dos estados. Isso também levanta suspeitas de que estrangeiros estejam envolvidos no caso.

Jovem de 17 anos é encontrado com mãos amarradas e morto a tiros em Pelotas

A polícia encontrou no sábado (30), na região de #Pelotas, Rio Grande do Sul, o corpo de Patrick Cardoso Vitória, de 17 anos de idade. O corpo do jovem foi encontrado em um campo próximo a uma escola da região. Ele estava com as mãos amarradas e com pelo menos cinco marcas de disparos de arma de fogo no rosto.

Segundo a polícia, Patrick teria sido assassinado logo após ter saído de uma festa [VIDEO]que aconteceu próximo do local onde foi morto. Ainda de acordo com policiais, Patrick possuía ficha criminal por dois homicídios e também porte de arma. #Porto Alegre