A revista Veja mais uma vez lança uma reportagem polêmica e que já está dando o que falar. De acordo com a matéria, o governo de Dilma Rousseff foi antecipado por causa das muitas irregularidades administrativas, além de uma péssima gestão da economia e ainda, por causa da corrupção que tomou conta do governo petista.

A capa da revista traz uma imagem de Lula, como se fosse seu "busto", com o título: "A ruína do #PT". A reportagem não traz apenas críticas contra o Partido dos Trabalhadores (PT), também apresenta provas que poderão levar o ex-presidente #Lula para a cadeia.

Pode-se dizer que, nos últimos meses, a "Veja" sempre surpreendeu com suas capas e matérias bombásticas, mas nenhuma terá tanto peso como esta de agora.

Publicidade
Publicidade

As novas provas que comprometem o petista estão juntas das antigas, já conhecidas por todo o mundo, e são apresentadas em um momento delicado para o PT que, longe da presidência, perdeu ainda mais apoio e credibilidade.

Os brasileiros a favor do impeachment de Dilma e do afastamento definitivo do PT irão vibrar com esta reportagem. E outro detalhe importante para esta matéria da Veja é que ela é divulgada justamente em um momento em que o PGR afirma não ter mais dúvidas de que Lula estava no comando da trama contra a operação "Lava Jato". Em uma das últimas aparições do ex-presidente, que foi na quinta-feira pela manhã, Lula estava visivelmente abatido, entristecido e bastante preocupado.

O afastamento de Dilma é um fracasso para o partido que tem como seu representante maior o próprio Lula; nesse sentido, o fracasso de Dilma é consequentemente o seu próprio fracasso.

Publicidade

A revista "Veja" ainda comenta que em 13 anos no poder, o PT "afogou a esperança de ética em um mar de corrupção" e que Dilma entregou o país quebrado ao novo governo que precisará cortar gastos, combater a inflação e estimular novos investimentos."

“A ruína do PT” é uma matéria rica em detalhes, denúncias e que certamente irá gerar muitos debates.

Aproveite para deixar abaixo sua opinião sobre esta nova capa da “Veja”. #Crise-de-governo