A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe H1N1, que será encerrada na próxima sexta-feira (20), atingiu 70% do público-alvo. A meta do Ministério da Saúde é que 80% deste público seja vacinado, atingindo um total de 49,8 milhões de pessoas no país. Os dados, que foram anunciados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (15), comprovam que neste ano houve uma adesão de maior número em relação à campanha. De acordo com tabelas relacionadas aos últimos quatro anos, as campanhas tiveram que ser prolongadas, a fim de atingir o número desejado.

Ainda não há informações se, neste ano, acontecerá  a prorrogação da campanha.

Publicidade
Publicidade

O que se sabe é que o Distrito Federal, mais outros quatro estados, alcançaram o número de vacinados do público-alvo. O #Governo atribuiu o alto índice ao início antecipado da campanha em, pelo menos, 22 Estados do Brasil.

Os estado de São Paulo e Paraná foram os que mais atingiram a meta da campanha, 85% do público alvo foi vacinado, de acordo com balanço do Ministério da Saúde.

Os registros de casos graves de gripe no Brasil, ainda no princípio do ano, antes do inverno, que é considerado como período de maior preocupação, foi a razão da campanha ter sido antecipada. Os dados que são apurados assim que pacientes são atendidos em redes públicas, contabilizaram 2.808 registros de síndrome aguda respiratória grave por gripe. Deste número, foram confirmados 2.375 pelo vírus H1N1.

Fazem parte do público alvo, gestantes, crianças com mais de seis meses e menores de cinco anos, idosos, mulheres que tiveram filho com até 45 dias, funcionários do sistema prisional, presos, profissionais da saúde, indígenas e pessoas com #Doença crônica.

Publicidade

Mortes no Brasil

Neste ano, foram confirmados 470 óbitos no país até o dia 9 de maio, de acordo com os dados do Ministério da Saúde. Um boletim divulgado na semana passada, registrava 411 mortes, até o dia 30 de abril, o que mostra um aumento de 59 casos no período. O maior número de casos de gripe se concentra na Região Sudeste, só em São Paulo foram registrados 1.209 casos de pessoas contaminadas pelo Influenza A. #Hospital