Neste domingo, 15, o presidente em exercício Michel Temer deu sua primeira entrevista a um programa de televisão desde que Dilma Rousseff foi afastada do cargo de presidência. Na conversa com a jornalista Sonia Bridi, ele revelou que não pretende se candidatar à reeleição em 2018. Caso assim desejasse e vencesse o pleito, deixaria o #Governo com mais de 80 anos de idade. Atualmente, o peemedebista tem 75 anos, casado com Marcela, de 32 anos. Antes de negar o desejo de continuar na presidência por mais tempo, ele disse que era um questionamento complicado, mas negou a candidatura. 

Segundo Temer, dessa forma, ele consegue fazer o que é necessário para o país, sem necessitando ser popular. "Posso ser até impopular, desde que produza benefícios para o país", desabafou.

Publicidade
Publicidade

Em outro momento, questionado sobre se a permanência ou afastamento de Eduardo Cunha (PMDB - Rio de Janeiro) o ajuda ou atrapalha no comando do governo, o político disse um "tanto faz". Michel não pretende por enquanto trazer a família para morar em Brasília. Ele deu a entrevista no Palácio do Jaburu, destinado ao vice. Ele permanece na propriedade do governo durante a semana. Aos fins de semana, ele visita mulher e o filho, Michel, de sete anos, em São Paulo.

Ao longo da entrevista, panelaços foram registrados em diversas cidades do país. Esse tipo de protesto até era criticado por muitos petistas por acontecerem em regiões nobres do Brasil, mas agora também são feitos por eles. Alguns, como no Rio de Janeiro, aconteceram justamente na Zona Sul, área conhecida por morarem pessoas mais bem favorecidas. 

Sobre a posição que a esposa terá no governo, Michel disse que isso só acontecerá caso deixe de ser presidente interino e vire efetivo.

Publicidade

Ele disse que já conversou com Marcela e que ela cuidará do social. Segundo o presidente, a mulher é formada em direito e será capacitada para lidar com as questões do social. Ele ainda avisou que pretende continuar mantendo os programas sociais, como o 'Bolsa Família' e o 'Minha Casa, Minha Vida'.  #Michel Temer