O caso aconteceu na manhã deste último domingo (13). Um jovem, de 22 anos, identificado como Victor Marçal Duarte, atropelou a própria mãe, Renata Marçal Pereira. As imagens foram registradas por uma câmera de celular de um vizinho, que filmava toda confusão. O jovem, que estava embriagado, foi preso.

Marçal e a família estavam reunidos na casa de um tio do rapaz, em Riacho Fundo I, no Distrito Federal. A reunião teria sido movida a muita bebida, e o jovem, que já estava alcoolizado, acabou brigando com sua mulher. Após o desentendimento, o jovem pegou o carro e ficou subindo e descendo na rua, em velocidade. A família insistia que ele parasse de fazer aquilo, para não provocar um acidente.

Publicidade
Publicidade

Mas o rapaz insistia, e continuou correndo com o carro de um lado para o outro.

A confusão familiar chamou a atenção da vizinhança, e um dos vizinhos, do alto de um prédio, resolveu filmar a ação do jovem.

Nas imagens, é possível ver uma mulher, que parecia ser a mulher do rapaz, pedindo para ele parar, e outros dois homens também estavam no portão falando com o motorista. Neste momento, a mãe dele aparece na porta. Victor então desce do carro, discutindo com todos na calçada. Renata se aproxima do filho que está no meio da rua e tenta pará-lo, mas ele sai bruscamente, e a mãe cai no chão. Ele retorna para o veículo e assume a direção novamente, a mãe sai correndo e tenta entrar pelo lado do carona, mas o filho arranca em velocidade e ela não consegue entrar. O motorista dá uma breve parada na porta do tio, e os parentes insistem para que ele não dirija, porém, ele não dá ouvido e segue.

Publicidade

Neste momento, é possível ver que um dos homens atira um objeto no veículo.

Victor então vai até o final da rua, que é um cruzamento, e retorna em velocidade. Renata, que seguia atrás dele para que parasse, é atingida de frente pelo carro, que sequer freou para evitar o atropelamento. Com o impacto do carro, a mulher é jogada com violência por alguns metros de distância.

Outro homem que estava na rua também é atingindo, mas não sofreu ferimentos graves, e não precisou de atendimento médico. Renata, de 40 anos de idade, é socorrida e levada para o Hospital de Base. No momento do acidente, a vítima ficou com o rosto lavado de sangue e muito ferida. Ela teve diversos traumatismos pelo corpo, mas os médicos informaram que ela não corre risco de morte.

Segundo informações da Polícia Civil, o rapaz chegou transtornado à delegacia, e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Porém, foi preso, pois apresentava sintomas de embriaguez. O jovem vai responder por lesão corporal, tentativa de homicídio, e por embriaguez ao volante. O veículo usado por ele foi apreendido e aguarda perícia.

O homem que também foi atingido pelo rapaz no atropelamento foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), e denunciou o jovem, por lesão corporal.

Confira abaixo o vídeo do acidente, as imagens são fortes:

#Crime #Casos de polícia