Um rapaz de 22 anos foi preso em flagrante após atropelar a própria mãe e uma outra pessoa neste domingo, 13, na região de Riacho Fundo I, Distrito Federal, próximo de Brasília. O vídeo com as imagens do flagrante do atropelamento foi gravado por um vizinho da vítima. O atropelamento aconteceu após uma discussão familiar durante uma confraternização. O jovem teria tido uma briga com a esposa e saído da residência bastante transtornado e aparentemente alcoolizado, já que o grupo teria consumido bebidas durante a reunião. O vídeo mostra várias pessoas tentando acalmar o rapaz, que sai no meio da rua e grita vários palavrões e xingamentos na frente da residência.

Publicidade
Publicidade

Ele não atende aos apelos dos familiares e entra em um automóvel, mesmo com os gritos desesperados da mãe, que tenta a todo custo acalmá-lo.

A mulher ainda tenta abrir a porta do carro para retirar o filho, mas o jovem arranca com o automóvel. Ao passar novamente em frente à casa, um dos moradores arremessa um objeto contra o veículo. Nesse momento o motorista dá a volta na rua, retorna em alta velocidade e #atropela a própria mãe, que estava no meio da via. Com o forte impacto da batida, a mulher é arremessada para o alto e cai desacordada no meio da rua. Mesmo após atropelar a própria mãe o rapaz não presta socorro e tenta fugir.

Confira as imagens do atropelamento:

As imagens fortes ganharam ampla repercussão na internet e foram compartilhadas milhares de vezes pelos internautas.

Publicidade

A vítima foi hospitalizada no Hospital de Base, porém não corre risco de morte. A mulher teve fraturas múltiplas pelo corpo. Um homem que estava na rua também foi atropelado, mas não teve ferimentos graves.

Já o filho da vitima foi localizado e chegou completamente alterado na delegacia. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro mas mesmo assim foi autuado por dirigir embriagado em razão dos sintomas apresentados durante a prisão. Além de responder pela infração de trânsito o rapaz também deve ser indiciado por tentativa de homicídio. #Casos de polícia #Vídeo