Um homem identificado como Daniel Ferreira Lima, que tinha 34 anos de idade, era auxiliar de serviços gerais de um clube e trabalhava no local há cerca de um ano. Ele acabou morrendo em um ato de heroísmo que aconteceu na última sexta-feira (9) no clube Balneário Vale Verde, localizado na região da #Planaltina, no Distrito Federal.

O fato ocorreu por volta do meio dia, quando o #salva-vidas tinha saído para o seu horário de almoço. Daniel avistou alguns adolescentes e suspeitou que os mesmos estavam lutando para não se afogar e pulou na piscina utilizando uma boia para ajudar os jovens que lá estavam.

O salva-vidas foi urgentemente chamado de onde estava para o seu almoço, resgatou o colega de trabalho desacordado dentro de uma das piscinas e prestou rapidamente os primeiros socorros.

Publicidade
Publicidade

Em paralelo com a ação, foi também acionado o Corpo de Bombeiros da região, que tentaram reanimar a vítima por cerca de uma hora e dez minutos, também sem sucesso e ele veio a falecer no local. Logo após todos os esforços, a perícia foi acionada e o clube ficou sob os cuidados da Policia Militar do #Distrito Federal (PMDF).

Todos os jovens saíram ilesos da situação, menos Daniel. De acordo com Romis Pereira de Souza, que é o proprietário do clube, Daniel nadava muito bem e acredita que tenha sofrido uma convulsão enquanto estava ainda na água.

Ainda não se sabe a verdadeira causa da morte. Se o afogamento foi ocasionado por uma convulsão sofrida pelo auxiliar de serviços gerais do clube, apenas o laudo médico vai apontar de fato tudo o que aconteceu para ter causado a morte do trabalhador e a perícia identificar todas as circunstâncias do ocorrido e se ele estava em horário de trabalho no momento da tragédia.

Publicidade

Daniel Ferreira Lima deixa familiares e um filho de apenas 10 anos. Colegas de trabalho lamentaram a morte do trabalhador. Joeliton Oliveira de Souza, que trabalha como pedreiro, disse que não consegue acreditar na morte de Lima.

Mas um final infeliz para um ato de bem por parte de um trabalhador. Que Deus conforte sua família e os dê total amparo nesse momento terrível.