O nome ainda não foi definido, mas os testes já começaram. De acordo com informações publicadas pelo Estadão, o modelo - que é conhecido internamente na empresa pelo código 551 - foi flagrado usando sua própria carroceria. Ainda de acordo com informações do jornal, o novo Jeep também será produzido na fábrica de Pernambuco, assim como o atual sucesso de vendas da marca: o Renegade. O SUV será maior que o Renegade e menor que o Cherokee, e vai substituir de uma vez só os atuais Compass e Patriot.

Apesar de estar camuflado, é possível perceber que ele terá um vinco bastante pronunciado na linha de cintura, ao estilo dos veículos da Hyundai.

Publicidade
Publicidade

Já a caída do teto será mais abrupta como no modelo Evoque (Range Rover) com suas proporções ao modo de um cupê. Na dianteira, podemos esperar a grade com sete barras - identidade visual da Jeep - e provavelmente faróis com formato semelhante ao do Grand Cherokee. 

Além disso, ele deve ser oferecido com motor 2.0 turbo a gasolina oriundo da família Tigershark (a mesma do Dodge Dart) e 2.0 turbodiesel (Renegade de 170cv). O câmbio poderá ser de seis marchas (manual) ou de nove (automático). E a tração dianteira nas versões de entrada. O novo Jeep pretende rivalizar no segmento de utilitários-esportivos médios, com o Honda CR-V e o Hyundai iX35.

Especula-se que o 551 será batizado como Compass, sendo apresentado como uma nova geração do utilitário que, nos Estados Unidos, é o mais vendido dos dois que ele substitui. Seu lançamento mundial está previsto para meados de 2016, enquanto que o Brasil só deve recebê-lo no Salão do Automóvel de São Paulo no final do ano. 

Reajuste de preços no Renegade

Nessa semana, a Jeep promoveu mais um reajuste na tabela de preços do Renegade.

Publicidade

As variantes Sport e Longitude (com motor flex) ficaram, respectivamente, R$ 1 mil e R$ 2 mil mais caras, tanto na configuração manual quanto na AT6. Atualmente, o modelo está entre os mais vendidos do país.

Tabela de preços de acordo com o site Notícias Automotivas:

  • Renegade 1.8 Flex – R$ 68.900 (mesmo preço);

  • Renegade Sport 1.8 Flex – R$ 72.900 (preço anterior R$ 71.900);

  • Renegade Sport 1.8 AT6 Flex – R$ 77.900 (preço anterior R$ 76.900);

  • Renegade Longitude 1.8 AT6 Flex – R$ 84.900 (preço anterior R$ 82.900);

  • Renegade Sport 2.0 Diesel 4×4 – R$ 99.900 (mesmo preço);

  • Renegade Longitude 2.0 Diesel 4×4 – R$ 114.900 (mesmo preço);

  • Renegade Trailhawk 2.0 Diesel 4×4 – R$ 124.900 (mesmo preço).

#Negócios #Automobilismo #Inovação