A linha CB650 da Honda passou por um facelift na linha 2017, lançada do Salão de Milão 2016 (EICMA), na Itália. A fabricante aproveitou a entrada em vigor da nova fase da legislação antipoluição na Europa, a Euro4, para atualizar a família, que está mais potente, tanto a naked CB650F quanto à carenada CBR650F. A principal novidade no mercado europeu – deverá chegar ao Brasil no próximo ano – é o ganho de 4 cavalos de potência. O motor de 649 cc entrega agora 91 cv aos mesmos 11 mil rpm, enquanto o torque também teve um leve aumento, de 6,4 para 6,5 kgf.m ainda em 8.000 rotações por minuto (64 Nm).

O ganho foi obtido com as mesmas alterações mecânicas feitas para reduzir as emissões de poluentes.

Publicidade
Publicidade

O motor de quatro tempos, com refrigeração líquida, tem novo sistema de admissão e escape, que melhoram a queima de gasolina. As entradas de ar têm dutos de admissão menores para alimentar os quatro cilindros, enquanto o sistema de escape tem silenciador com nova estrutura interna para reduzir a contrapressão e terminal de saída menor.

As mudanças resultaram em um ronco do motor mais envolvente. Os engenheiros da Honda também deixaram mais curtas as relações entre a segunda e a quinta marchas, proporcionando respostas mais rápidas. Dessa forma, é possível acelerar até a velocidade de 60 km/h em segunda marcha.

Outras mudanças

A #Honda CB650F e CBR650F 2017 contam com novas pinças de freio Nissin, faróis de LED e novo garfo dianteiro da marca Showa. De acordo com a fabricante, os amortecedores com tubos de 41 milímetros melhoram as respostas quando são muitos exigidos e também a capacidade de manobra.

Publicidade

Dessa forma, acrescenta, a suspensão dianteira tem compressão perfeitamente controlada e amortecimento melhor distribuído ao longo dos 120 mm de curso. Na traseira, a suspensão continua sendo de braço oscilante de alumínio fundido com pré-carga da mola ajustável em sete posições.

Guidão e carenagem

O guidão da moto também passou por mudanças para melhorar o conforto em longas distâncias. Essas alterações deixaram a naked com visual mais agressivo.

A CBR650F traz ainda uma nova carenagem, ficando com design mais próximo da linha Super Sport da marca. A nova carenagem também beneficia a posição de condução, com o piloto ficando mais protegido. A CB650F ganhou seu primeiro facelift apenas dois anos depois de seu lançamento, substituindo a Hornet.