A primeira unidade da nova geração do #Ford GT saiu, nesta sexta-feira (16), da linha de montagem da fabrica da Ford Performance, em Ontário, no Canadá. O superesportivo, equipado com motor turbo V6 de 3.5 litros (EcoBoost), será um belo presente de Natal para um sortudo em alguma parte do mundo.

O novo #Ford GT foi exibido pela primeira vez no Salão de Detroit, nos Estados Unidos, em janeiro de 2015, mas somente agora começará a ser entregue para os clientes. Ele é um dos carros mais exclusivos já feitos pela montadora do oval azul, com produção limitada a 250 unidades por ano.

O carro

O superesportivo tem mais de 608 cavalos de potência (600 hp), segundo a Ford, que não divulga as especificações técnicas específicas.

Publicidade
Publicidade

Uma pista da real potência é que o #carro aparece no game Forza Motorsport 6 com 639 cv (630 bhp) e 74,44 kgf.m de torque (730 Nm). Além da versão de rua, o GT tem um modelo de competição para a disputa de corridas de endurance (resistência).

A carroceria e as rodas são de fibra de carbono, para reduzir o peso final e melhorar a performance. Além disso, de acordo com a montadora, o material oferece alto nível de versatilidade, pois dá a liberdade de moldar o carro em praticamente todas as maneiras imagináveis.

Preço

O Ford GT tem preço em torno de US$ 400 mil (R$ 1,34 milhão), o que o coloca no mesmo patamar do Lamborghini Aventador, nos Estados Unidos. No Brasil, o italiano Aventador não sai por menos de R$ 3,9 milhões.

O alto preço não tem sido uma barreira para os clientes. As primeiras 500 unidades já foram vendidas.

Publicidade

O plano da montadora é manter o seu carro como algo exclusivo, o que explica a baixa produção anual. Além disso, a fabricante limitou a produção total a 1.000 exemplares de rua. A lista de encomenda das 500 unidades finais será aberta em 2018.

O Ford GT conta com alta tecnologia, sendo equipado com suspensão ajustável, freios de carbono-cerâmica, controles integrados no volante, pedais ajustáveis e painel totalmente digital e configurável.

História

A primeira geração do superesportivo surgiu em 1966 como carro de corrida, o Ford GT40, que se tornou famoso por vencer as 24 Horas de Le Mans desse ano e ter desbancado a Ferrari. O carro, diga-se de passagem, tem sua história intimamente ligada a essas duas fabricantes. No início da década de 1960, a Ford tentou comprar a Ferrari e até acertou com o comendador Enzo Ferrari o valor a ser pago. Porém, a Fiat interveio na transação, alegando que a marca do Cavallino Rampante era um patrimônio italiano e acabou adquirindo a marca.

Após o fracasso da negociação, a Ford decidiu mostrar que também sabia fazer supercarros e desenvolveu o Ford GT40.

Publicidade

O sucesso do carro nas pistas levou a montadora norte-americana a criar uma versão de rua, produzida entre 2004 e 2006. A primeira geração tem motor V8 de 5.4 litros, equipado com supercompressor, que entrega 558 cv e torque de 69,2 kgf.m a 4.500 rpm. O superesportivo precisa de apenas 3,8 segundos para chegar aos 100 km/h e atinge os 330 km/h de velocidade máxima.