A #Audi lançou nesta terça-feira (6), em Las Vegas (EUA), um inédito sistema em que seus carros “conversam” com os semáforos. Inicialmente, os motoristas ficam sabendo quanto tempo falta para acender a luz verde, mas no futuro o sistema avançará para ajudar o motorista a pegar onda verde (vários semáforos abertos em sequência), reduzir congestionamentos e outras funções.

Las Vegas é a primeira cidade do mundo a ter o serviço de comunicação entre veículo e infraestrutura viária. As informações de semáforos são o primeiro passo para conectar o veículo à infraestrutura ao redor. O Traffic Light Information está disponível para proprietários do Audi A4, Q7 e A4 allroad fabricados após 1º de junho de 2016, equipados com uma assinatura Audi Connect PRIME ativa.

Publicidade
Publicidade

A montadora quer expandir a novidade para outras cidades norte-americanas e também da Europa.

Como funciona

O carro recebe informações de sinal em tempo real a partir do sistema avançado de gerenciamento de tráfego, que monitora os semáforos através da conexão de dados 4G LTE integrada. Quando se aproxima de um semáforo ligado, o Traffic Light Information exibe o tempo restante até que o sinal mude para verde no painel de instrumentos do veículo, assim como o head-up display (se equipado).

Esta informação adicional ajuda a reduzir o estresse e permite que o motorista relaxe sabendo aproximadamente quanto tempo falta antes da mudança da luz.

O recurso "tempo-para-verde" é o primeiro para alavancar o serviço de Informação de Tráfego Audi. No futuro, poderá ser possível integrar informação destes sistemas avançados de gestão de tráfego nas funcionalidades de parada e saída do veículo, sistemas de navegação para otimizar o encaminhamento e serviços de previsão, tais como apresentar ao condutor uma recomendação de velocidade ideal para aproveitar uma onda verde.

Publicidade

Todos os serviços seriam projetados para melhorar a eficiência e gerenciamento de tráfego.

Sem motorista

No futuro, as cidades inteligentes poderão usar essa #Tecnologia para entender melhor os padrões de tráfego e adaptar o comportamento do semáforo para reduzir o congestionamento e melhorar o fluxo de trânsito. A conexão com a infraestrutura viária também é importante para viabilizar o lançamento dos veículos autônomos, que andam sozinho, sem a necessidade de interferência do motorista.

A indústria automobilística investe pesado na segurança e em veículo mais eficiente. A Mercedes-Benz apresentou um novo farol que projetas sinais de GPS e de segurança no chão para o motorista interagir com outros condutores. Já a Chevrolet lançou um novo câmbio automático de nove velocidades, enquanto os veículos da Toyota, a partir de 2017, serão equipados com novo motor de 2.5 litros e transmissões de oito e dez marchas.

#Segurança no trânsito