O #Chevrolet Malibu é o primeiro carro da marca a ganhar novo câmbio automático de velocidades. A novidade equipará a linha 2017 do modelo, que acaba de chegar à nona geração. De acordo com a montadora, a caixa oferece mudanças de marchas mais suaves e rápidas em comparação a de seis que substitui, mantendo o mesmo tamanho.

O novo câmbio busca também reduzir o consumo de combustível e as emissões de poluentes, com o carro se adequando as mais recentes e rigorosas leis que obrigam os automóveis a serem mais eficientes. Segundo a Chevrolet, a nova transmissão melhora essas marcas tanto em uso urbano quanto nas rodovias. Também em busca de melhor eficiência, a Toyota anunciou um novo motor de 2.5 litros e câmbios de oito e dez velocidades que equiparão seus veículos a partir de 2017.

Publicidade
Publicidade

Desempenho

Para oferecer melhores resultados na economia e ser menos poluente, o Malibu 2017 também conta com sistema Start&Stop, que desliga automaticamente o carro quando estiver parado, como no semáforo, por exemplo. O motor é religado em questão de milissegundos assim que o motorista tira o pé do freio.

O novo câmbio está presente no #Chevrolet Malibu equipado com motor de 2.0 litros turbo, que tem consumo de 14 km/l de gasolina (33 mpg), uma melhoria de 3% em comparação ao modelo 2016 com câmbio de seis marchas. A nova caixa será oferecida como opcional para outros dez modelos da General Motors nos Estados Unidos até o final de 2017, dos quais quatro são da Chevrolet, entre eles o Equinox e o Cruze Diesel.

Próximo passo

A GM também está trabalhando em conjunto com a Ford para o desenvolvimento de uma nova transmissão automática de dez velocidades.

Publicidade

Ele estreará no muscle car Chevrolet Camaro ZL1 e no picape Ford F-150 em 2017. Posteriormente, ela será usada em outros modelos das duas montadoras.

A nona geração do Chevrolet Malibu foi lançada nos Estados Unidos em maio passado. O novo carro foi mais leve, mais comprido e ganhou novo design. Entre as novidades tecnológicas do carro estão a versão híbrida, que tem consumo de até 20,41 km/l de gasolina (48 mpg), e o Teen Driver, sistema que fornece aos pais ferramentas para incentivar os filhos a terem filhos hábitos de condução segura, mesmo quando não o estão acompanhando.

#Automóvel