A nova geração do #Suzuki Swift foi oficialmente lançada, nesta terça-feira (27), em Hamamatsu, na província de Shizuoka, no Japão. O lançamento no mercado ocidental será em março, no Salão de Genebra, na Suíça. O hatchback compacto será comercializado no mercado japonês com duas opções de motor, o Boosterjet turbo de 1.0 litro a gasolina e o híbrido Dualjet de 1.2 litro, que associa um propulsor a gasolina e outro elétrico.

As opções para outros mercados serão anunciadas em Genebra. O bloco a combustão entrega 100 cavalos de potência a 5.500 rpm (99 bhp) e torque máximo de 15,21 kgf.m de torque (110 lb ft). O modelo tem consumo médio de 20 km/l (56,4 mpg), segundo a Suzuki.

Publicidade
Publicidade

A versão híbrida desenvolve 89 cv (88 bhp) e 12,03 kgf.m (87 lb ft), com consumo de 27 km/l (77,4 mpg). O #Suzuki Swift tem opções de câmbios manual e automático, com tração simples ou nas quatro rodas.

Novidades

O novo hatch 2017, que começará a ser vendido no Japão no dia 4 de janeiro, é 10 milímetros mais curto e tem 20 mm a mais de distância entreeixos do que a geração anterior. Agora, ele tem 3.840 mm de comprimento, 1.695 mm de largura, que foi mantida, e distância entreeixos de 2.450 mm. Porém, é possível que a versão ocidental tenha essas características alteradas. A configuração japonesa tem banco traseiro dividido na proporção 60/40, com o porta-malas tendo a capacidade de 265 litros. Com o assento traseiro rebatido, a capacidade sobe para 579 litros.

A #nova geração do Suzuki Swift pesa 910 quilos com tração 4x2 e 970 quilos com tração integral.

Publicidade

Ele será comercializado apenas com cinco portas, deixando de ser oferecida a versão de três. As maçanetas das portas traseiras ficarão escondidas na altura da coluna C do carro. O modelo japonês tem sistema multimídia com tela sensível ao toque e compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Outros itens de série da linha 2017 são faróis de LED, sistema de frenagem automática, piloto automático adaptativo e acesso e partida por botão com chave presencial (keyless).

Swift no Brasil

Na parte estética, o novo Swift foi totalmente redesenhado, mas as linhas gerais mantêm a identidade do modelo. A frente está mais pronunciada e traz nova grade do radiador, para-choque, capô e faróis. A traseira também foi modificada, com tampa do porta-malas maior, para-choque mais robusto e lanternas atualizadas. O interior foi renovado e traz a tela do sistema multimídia no centro do painel, painel de instrumentos redesenhados e bancos e volante esportivo com fundo chato dependendo da versão.

No Brasil, está disponível a versão única Suzuki Swift Sport.

Publicidade

Ele é equipado com motor a gasolina de 1.6 litro aspirado de 142 cv de potência a 6.900 rpm e torque máximo de 17 kgf.m a 4.400 rotações por minuto, associado a câmbio manual de seis marchas. Ele vai da inércia aos 100 km/h em 8,7 segundos e aos 202 km/h de velocidade máxima. O Suzuki Swift Sport tem o preço inicial de R$ 79.990. Ainda não há uma previsão de lançamento da nova geração no mercado nacional.