Um #Porsche 911 Targa 1973 foi convertido em um carro 100% elétrico. O #Z911, como foi batizado, é uma criação da Zeletric Motors, empresa sediada em San Diego, na Califórnia (EUA), especializada na conversão de carros da Volkswagen em modelos elétricos.

O Porsche tem na parte traseira um motor elétrico AC-34, que desenvolve 150 cavalos de potência e torque binário máximo de 29,57 kgf.m de torque (298 Nm). As baterias garantem ao carro uma autonomia de cerca de 400 quilômetros. Para dar uma boa distribuição de peso ao modelo, as células das baterias ficam divididas entre as partes traseira e a frente do 911 Targa.

Quanto custa

Com isso, o já diminuto porta-malas do esportivo fica ainda menor.

Publicidade
Publicidade

O ponto de recarga do carro fica onde seria a boca do tanque de combustível. O valor de conversão do Z911 não foi divulgado, mas a Zeletric Motors diz em seu site que a transformação pode custar de US$ 49 mil a US$ 60 mil (de R$ 161 mil a R$ 197 mil) dependendo do carro. São valores bem salgados até para os padrões norte-americanos e dão uma ideia do quanto pode ter custado o Porsche 911 Targa.

O valor inicial é maior do que o preço do carro. Um modelo semelhante tem preço em torno de US$ 40 mil (R$ 131,4 mil) nos Estados Unidos. Supera até mesmo veículos novos. A picape esportiva Ford F-150 Raptor 0 km, que tem motor turbo V6 de 3.5 litros (EcoBoost) de 329 cavalos de potência, é vendida a partir de US$ 48.325 (R$ 158,7 mil).

O Porsche Targa

A empresa deixa claro que não é e nunca será uma fábrica de carros elétricos.

Publicidade

Ela diz que cada veículo é meticulosamente reconstruído à mão, uma “arte retro-futurista sobre rodas”. Pela natureza do próprio negócio, a produção é limitada, com cada criação sendo feita sob medida e cada carro tem seu lado original e exclusivo.

O ano de 1973 marcou o lançamento da segunda geração do Porsche 911 Targa. O modelo é equipado com motor a gasollina de 2.4 litros, com potência entre 165 e 190 cv (165 a 190 PS) dependendo da versão. O Z911 fica um pouco abaixo da versão inicial, mas a entrega instantânea da força, por ter motor elétrico, o torna um carro interessante.

Assista ao vídeo do carro elétrico Lucid Ar, de 1.013 cv (clique aqui para ler a reportagem)

#Porsche elétrico