Um raro #lamborghini Murcielago importado irregularmente foi completamente destruído pelas autoridades de Taiwan. Trata-se de um dos 186 exemplares da versão SuperVeloce, que marcou a despedida do superesportivo italiano antes de ser substituído pelo Aventador. O Murcielago SV não chegou ao Brasil, mas na Europa o preço chega aos 334 mil euros (R$ 1,17 milhão), valor salgado mesmo para os padrões europeus.

A destruição do carro diante de um público atônito marcou o encerramento de uma disputa judicial de três anos entre o proprietário e o governo de Taiwan. O carro foi apreendido em uma blitz de trânsito em 2013 por estar com placas falsas por ter sido importado irregularmente.

Publicidade
Publicidade

Desde então, o dono tentou na Justiça regularizar a situação e recuperar o #Superesportivo, mas perdeu o processo.

Ironia

Pelas leis taiwanesas, peças de veículos apreendidos não podem ser vendidas, devendo ser destruídas. Esse acabou sendo o triste fim do superesportivo esta semana. Uma garra mecânica cortou a carroceria de fibra de carbono do Murcielago SV como se fosse papel.

O nome do carro, que em espanhol significa Morcego, é referência a um touro que sobreviveu a 24 golpes de espada em uma tourada em 1879. Ironicamente, o superesportivo não resistiu ao monstro mecânico, sendo completamente destruído em cerca de 2 horas.

O carro

O Murcielago, produzido entre 2001 e 2010, foi o substituto do famoso Lamborghini Diablo. Foi o primeiro carro da marca feito com fibra de carbono, material usado para reduzir o peso e melhorar o desempenho.

Publicidade

Com um poderoso motor V12 de 6.2 litros, inicialmente de 588 cavalos de potência, foi o superesportivo mais rápido produzido pela marca italiana até então.

Ele precisa de apenas 3,4 segundos para atingir os 100 km/h, antes de chegar aos 345 km/h de velocidade máxima. Apenas 4.099 unidades do superesportivo foram produzidas, das quais 186 levam o emblema SuperVeloce. Essa versão foi lançada em 2009 com um motor mais potente, de 667 cv, para marcar o fim da produção do modelo. Em 2011, o Murcielago foi substituído pelo Aventador, que também o desbancou do trono de carro mais rápido da Lamborghini.

#Lamborghini Murcielago