A Volkswagen anunciou, nesta quinta-feira (22), em Wolfsburg, na Alemanha, a ampliação do facelift do Golf na Europa para toda gama da família, incluindo o modelo de entrada 1.0 TSI, o esportivo R e o station wagon Golf Variant. A linha 2017 dessas versões trazem novidades específicas, além da atualização das demais que ocorreu no começo deste mês, que são lanternas traseiras de LED e novo sistema multimídia.

O modelo de #Alto desempenho #Volkswagen Golf R, tanto hatchback quanto station wagon, ganharam dose extra de 10 cavalos de potência. O motor 2.0 turbo passa a entregar 310 cv (306 hp) e 40,79 kgf.m de torque (400 Nm).

Publicidade
Publicidade

Agora, o esportivo vai de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos (0-62 mph).

Preço

O Golf R 2017 faz 11,2 km/l de gasolina em uso urbano (8,9 l/100 km) e 16,1 km/l no ciclo rodoviário (6,2 l /100 km), de acordo com a Volkswagen. A pré-encomenda foi aberta na Alemanha, onde o modelo atualizado é vendido com câmbio manual a partir de 40.675 euros (R$ 139,6 mil), enquanto o Golf R Variant com câmbio automático DSG sai por 44.800 euros (R$ 153,8 mil).

Na outra extremidade do portfólio está o modelo de entrada como motor 1.0 TSI, com preço inicial 17.850 euros (R$ 61.279). Equipado com propulsor turboalimentado com injeção direta de combustível de 85 cv (84 hp), custa menos da metade do irmão de alto desempenho. Também é bem mais econômico, com média de 15,38 km/l de gasolina na cidade (6 l/100 km) e de 23,8 km/l na estrada (4,1 /100 km), de acordo com a Volkswagen.

Publicidade

Mais eficiente

Contando com a ajuda de uma gasolina mais pura, motor regulado para trabalhar com apenas um combustível, mas oferecendo menos potência, o Golf 1.0 TSI europeu é mais econômico do que o modelo brasileiro, equipado com bloco flex 1.0 turbo de 125 cv (etanol). O hatch nacional tem como melhor resultado 11,9 km/l no ciclo urbano e 14,3 km/l no uso rodoviário quando roda com gasolina, segundo o Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

É preciso fazer a ressalva que no Brasil o Golf é conhecido como um modelo esportivo, o que leva a Volkswagen a ter de enfatizar a potência, enquanto na Europa é um modelo feito para agradar desde a família até quem busca alto desempenho. Por aqui, o Golf 1.0 TSI é vendido a partir de R$ 77.153.

Outra versão que ganhou o facelift foi o #Volkswagen Golf Variant, a perua da família, tanto na configuração padrão quanto na esportiva R. Todas as versões do hatch da sétima geração são produzidas no Brasil, na fábrica da marca em São José dos Pinhais (PR). Já o station wagon é importado do México. Não há informações se o facelift será aplicado no Golf nacional.