Um #carro da Tesla, equipado com uma câmera no painel, registrou na Holanda um momento que, se fosse explicado sem provas, seria difícil de acreditar. Os sensores do sistema de direção automática, ou "Piloto Automático", como chamam, presente no carro, previram e reagiram a um #Acidente que aconteceria à sua frente, entre um veículo pequeno e um SUV.

Apesar da polêmica que esteve envolvido em março, quando seu sistema de direção automática supostamente causou um acidente de trânsito, a Tesla agora ganhou um ponto positivo na questão de segurança do Piloto Automático, que foi lançada uma nova versão recentemente, a 8.0, e que, por conta do vídeo, foi provado sua confiabilidade e eficiência como "3º olho", ou, se preferir, sua intuição afiadíssima, antecipando eventos e tomando uma decisão correta, evitando assim um possível engavetamento entre os carros.

Publicidade
Publicidade

Elon Musk destacou na nova versão seu potencial para salvar vidas, que por sua inteligência avançada poderia "enxergar" situações perigosas nas ruas antes de acontecerem, e agora esse argumento foi validado pelo vídeo, que entrou em circulação essa semana.

O sistema também pode ser configurado para dirigir sem o motorista, mas, por segurança, apenas em uma reta e com o motorista segurando o volante com as mãos, ou seja, semi-autônomo.

O vídeo

O vídeo foi gravado por uma câmera instalada pelo proprietário do veículo, e postado no Twitter por Hans Noordsij. O caso aconteceu em uma estrada da Holanda. Nele, é possível ver carros andando normalmente, até que, ao perceber a aproximação perigosa, o carro emite um som de alerta e os freios automáticos são acionados. Após o carro da Tesla já estar em frenagem, logo a frente, dois carros colidem.

Publicidade

Pelo vídeo, percebemos que não tinha como o piloto ver o acidente, já que o carro que foi atingido estava tampado pelo carro que o atingiu, ou seja, se não fosse o Piloto Automático poderia ter ocorrido outra colisão envolvendo o carro da Tesla.

Confira o vídeo:

Apesar da colisão e capotamento nenhum dos envolvidos sofreram lesões graves. #Tecnologia