A #Volkswagen tem planos de vender carros elétricos na Argentina, que seria o primeiro país da América do Sul a receber os veículos da marca com essa tecnologia. A montadora alemã já havia insinuado a intenção durante uma conferência em 2 de dezembro para divulgar seus resultados, mas foi uma informação superficial, sem nenhum detalhe. Porém, desde esta segunda-feira (26), o #Volkswagen e-Golf é a estrela no estande da marca na estação de verão de Cariló.

A nova geração do e-Golf foi apresentada em novembro, no Salão de Los Angeles (EUA), tendo como principal novidade o aumento da autonomia para até 300 quilômetros, quase o dobro da versão anterior.

Publicidade
Publicidade

O hatchback também está mais potente, agora motor elétrico desenvolve 136 cavalos de potência (21 cv a mais) e 29,57 kgf.m de torque (+ 2,04 kgf.m), associado à transmissão automática direta. Ele faz de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos, redução no sprint de 0,8 segundo, enquanto a velocidade máxima subiu de 140 km/h para 150 km/h.

Baterias

O propulsor é alimentado por baterias de íons de lítio, que podem ser recarregadas em tomada doméstica, o que leva 6 horas, menos da metade do tempo da geração anterior. Além disso, 80% da carga podem ser obtidas em cerca de 1 hora em uma estação de 40 kW. Elas em garantia de oito anos ou 160 mil quilômetros. Fabricado em Dresden, na Alemanha, o Volkswagen e-Golf tem diferenças visuais em relação aos demais modelos para se diferenciar.

Entre elas estão faróis e lanternas de LED, listras azuis na grade frontal e rodas de liga leve de 16 polegadas exclusivas.

Publicidade

No interior, é praticamente idêntico, tendo como diferenças apenas pela avalanca de câmbio com desenho diferente e uma tela sensível ao toque de 8”, que reúne as funções do sistema multimídia e as informações sobre a carga das baterias, além do consumo em tempo real.

Preço

A Volkswagen anunciou que também apresentará em Cariló a versão híbrida Golf GTE, que combina motor a gasolina de 1.4 litro turbo (TSI) e outro motor elétrico. O modelo tem 204 cv de potência, algo próximo do esportivo GTi vendido no Brasil, que tem 220 cv. Porém, o Golf híbrido ainda não está em exposição no estande.

A Volkswagen ainda não divulgou os detalhes e nem a data de lançamento dos #Carros elétricos e híbridos na Argentina. Também não foram definidos os modelos que serão comercializados – a montadora ainda produz o elétrico e-up! e o híbrido Passat GTE. Nos Estados Unidos, o Volkswagen e-Golf tem preço inicial de US$ 25.584 (R$ 83,9 mil). É um valor próximo aos R$ 77.153 do Golf 1.0 turbo brasileiro.

Assista ao vídeo da nova geração do Volkswagen e-Golf: