O #Dendrobium é o novo hiperesportivo 100% elétrico desenvolvido pela empresa de mobilidade elétrica Vanda Eletrics, sediada em Cingapura, em parceria com a equipe Williams de Fórmula 1. É um modelo de dois lugares com um moderno conjunto mecânico e avançada aerodinâmica desenvolvidos pela Williams Advanced Engineering.

O primeiro protótipo do carro fará sua estreia mundial no Salão de Genebra, na Suíça, em março. Porém, a Vanda admite que o design está muito próximo da versão final. Nenhum detalhe técnico do Dendrobium Concept foi divulgado nesta quarta-feira (18), em Londres, na Inglaterra, na apresentação do carro, mas ele foi descrito como um veículo que usa “sistemas de propulsão elétricos.”

Quatro motores?

É uma pista de que tem dois ou mais motores elétricos.

Publicidade
Publicidade

O vídeo, que está no final desse artigo, indica a existência de quarto motores, um para cada roda, mas isso não está confirmado oficialmente. O nome do novo carro é inspirado em um gênero de orquídea do sudeste asiático. É uma referência às portas, que se abrem automaticamente de forma semelhante ao desabrochar da flor.

A carroceria do hiperesportivo foi focada na força e no desempenho aerodinâmico, o que resulta em design arrojado, com linhas agressivas, mas, ao mesmo tempo, elegantes. Na dianteira, o nariz do carro se caracteriza por uma grande entrada de ar, com design inspirado na Fórmula 1, além de pequenos aerofólios nas laterais.

Leia também:

º 1º hiperesportivo da Mercedes-AMG terá tecnologia da F1

º Acciona é o 1º carro elétrico da história a completar o Rally Dakar. Veja o vídeo

º Ford Mustang e F-150 terão versões híbridas até 2020

º Faraday FF91 é novo carro elétrico mais rápido que o Lamborghini Aventador

º Airbus iniciará este ano testes com táxi aéreo elétrico e autônomo

Design arrojado

Os para-lamas são musculosos e altos, enquanto as laterais trazem dois grandes recortes na carroceria em suas extremidades.

Publicidade

A traseira é vazada, o que deixa à mostra a suspensão. Ela é delimitada pelo aerofólio, que liga as caixas de roda, e pelo grande difusor de ar. O Dendrobium não tem para-choques. As lanternas e luzes de freio traseiras ficam em uma barra horizontal no meio do vão.

A imagem de cima do carro mostra que o design exterior da cabine remete aos superesportivos da sueca Koenigsseg. Ela indica ainda que a carroceria é de fibra de carbono e chassi monocoque, com estilo similar á estrutura tubular dos carros de F1.

#VandaEletrics #WilliamsF1