A #Honda, uma das maiores fabricantes de motocicletas do mundo, apresentou, nesta quinta-feira (5), em Las Vegas (EUA), uma motocicleta que não cai e é autônoma, anda sem piloto. O modelo elétrico é equipado com a #Tecnologia Riding Assist, a mesma usada pela fabricante no UNI-CUB, uma espécie de poltrona motorizada com uma roda que pode ser usado para circular em um ambiente fechado, com uma empresa.

A moto que não cai é umas das novidades da Honda na área de mobilidade apresentada no CES 2017 (Consumer Eletronics Show), a maior feira de tecnologia do mundo. Ela é um modelo elétrico equipado com um sistema robótico capaz de movimentar a roda dianteira para que o veículo mantenha o equilíbrio e evitar que tombe mesmo que esteja girando 360 graus sobre uma plataforma móvel.

Publicidade
Publicidade

O sistema funciona quando o veículo está parado ou em velocidades baixas.

Anda sem piloto

O Riding Assist conta com um pequeno motor elétrico capaz de corrigir a trajetória da moto e fazer correções na direção, tornado-a autobalanceada. O vídeo mostra ainda que a moto tem um sistema de garfo móvel, que muda de posição e de grau de inclinação, fazendo com que fique mais comprida, o que altera a sua ciclística.

O Riding Assist também abre caminho para a criação da moto autônoma, que roda sem piloto ou o condutor terá a preocupação de apenas curtir o passeio. No vídeo, uma jovem aperta um botão e a moto a segue pelos corredores, como se fosse um animalzinho de estimação.

Leia também

º 1º brake light para capacete de moto é lançado. Veja como funciona

º Kawasaki Ninja H2R atinge incríveis 400 km/h. Veja o vídeo

º Motorista de Corvette é flagrado pela polícia fazendo zerinho no Paraná. Assista ao vídeo

º Yamaha do Brasil participa do Rally Dakar com a nova WR 450F

A tecnologia

A Honda explica que a moto autobalanceada reduz muito a possibilidade de cair enquanto está em repouso.

Publicidade

Há outros exemplos de motos que não caem que estão em desenvolvimento, mas que usam giroscópios para manter o equilíbrio. Para a Honda, o uso dessa tecnologia aumenta o peso do veículo e altera a experiência de condução.

Ao invés de confiar em giroscópios, a moto Riding Assist incorpora a tecnologia originalmente desenvolvida para o dispositivo de mobilidade pessoal UNI-CUB da empresa apresentado em 2016. Essa poltrona motorizada tem um sistema de roda motriz omnidirecional. O usuário controla a velocidade e define a direção que vai seguir com o movimento do corpo.

A tecnologia de controle de equilíbrio da UNI-CUB é parte da família de tecnologias Honda Robotics, que se origina com a pesquisa da Honda em robôs humanóides, como o Asimo. A fabricante não comentou se há possibilidade da moto que não cai chegar ao mercado.

#HondaRidingAssist