A #Peugeot dominou a edição 2017 do Rally Dakar, um dos mais difíceis do mundo e que terminou neste sábado (14), em Buenos Aires, na Argentina. A equipe francesa ficou com os três primeiros lugares no pódio na categoria Carros. Apesar de uma disputa duramente travada com o nove vezes campeão mundial de rali Sebastien Loeb, o grande vitorioso da prova foi Stephane Peterhansel, que venceu pelo segundo ano consecutivo. Ele teve como navegador Jean-Paul Cottret.

Ao todo, Peterhansel tem 13 vitórias no Dakar, sendo sete vezes na categoria Carros e mais seis na Motos, o que faz dele o maior campeão da história do rali. A dupla Loeb/Daniel Elena terminou em segundo lugar, 5 minutos e 13 segundos atrás dos vencedores.

Publicidade
Publicidade

O terceirou lugar ficou com Cyril Despres/David Casteras, 33 minutos distante dos campeões.

As três duplas dirigiram o novo Peugeot 3008 DKR desenvolvido para o Rally Dakar 2017. As duplas Nani Roma/Alex Haro Bravo e Giniel de Villiers/Dirk Von Zitzewtiz, ambas da Toyota, terminaram em quarto e quinto lugar, respectivamente. O sexto lugar ficou com Orlando Terranova/Andreas Schultz, da X-Raid/IMINI, que havia vencido a prova quatro vezes entre 2012 e 2015.

Brasileiros vencem

A edição 2017 do Dakar teve uma dupla brasileira como vencedora pela primeira vez. O piloto Leandro Torres e o navegador Lourival Roldan foram campeões na nova categoria UTVs, com o Polaris RZR 1000 XP.

Sam Sunderland foi o vencedor da categoria Motocicletas, com a KTM 450 Rally. A equipe russa de Eduard Nikolaev, Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov venceu a classe Caminhões em seu Kamaz 4326, enquanto o compatriota Sergy Karyakin ganhou a categoria Quadriciclos com a Yamaha Raptor 700.

Publicidade

Leia também:

º Conheça o blindado militar usado por milionários para se divertir no off-road

º Honda apresenta moto que não cai e anda sem piloto. Assista ao vídeo

º McLaren ostentação tem peso das rodas de ouro

º Yamaha YZF-R1 é transformada em máquina de guerra que dispara 3 mil tiros por minuto. Assista ao vídeo

º Novo Chevrolet Equinox chega este ano ao Brasil para substituir o Captiva

O Peugeot 3008 DKR

O Peugeot 3008 DKR que disputou o rali tem estrutura de aço tubular, com suspensões double wishbone e motor instalado em posição central. O bloco é a diesel biturbo V6 de 3.0 litros, que desenvolve 340 cavalos de potência e 81,58 kgf.m de torque, associado a câmbio de seis velocidades. Para reduzir o peso final do veículo, a carroceria é de carbono.

O Peugeot 3008 DKR tem 4.312 milímetros e comprimento, 2.200 de largura, 1.799 de altura e distância entreeixos de 3.000 mm. O veículo usou rodas de magnésio de 17 polegadas, com pneus BFGoodrich All-Terrain T/AK. O sistema de frenagem contou com discos de 355 mm de diâmetro tanto na dianteira quanto na traseira. O Rally Dakar 2017 durou 13 dias e percorreu quase 9 mil quilômetros, passando pelo Paraguai, Bolívia e Argentina.

#RallyDakar2017 #StephanePeterhansel