O "romance" do empresário Wylame Pinheiro, residente em Sobradinho (DF), viciado em adrenalina e proprietário do carro, se inicia após ele cair de uma moto, deixando em seu corpo vários pinos, parafusos e sequelas. E junto com tudo isso veio também sua abstinência sem cura por adrenalina.

Dai então na época, visitando um amigo, Wylame Pinheiro foi levado direto ao encontro com o veículo: um Gol GL ano 1994 "kit turbo" que fez disparar o coração do empresário.

E bateu mais forte ainda quando o dono disse: “Pode ser seu!” E Wylame, não perdeu tempo, envolvendo no "rolo" um Passat ano 1980 e mais R$ 7 mil em dinheiro.

Mas isso seria só o começo do "investimento", com as cifras se multiplicando mês a mês, até beirar os R$ 85 mil, é que "o carro quebrava demais", conta o aficionado.

Publicidade
Publicidade

Ele diz que alguns amigos até diziam que ele precisava era se "benzer", e que gastou perto de R$ 85 mil até decidir trocar de mecânico, relata ao "Carro da vida" do site da G1.

Em seu relato, ele conta que então decidiu refazer o carro inteiro, com peças inda mais caras, gastando mais cerca de R$ 85 mil, e relata que não imaginava chegar a essa quantia.

E pelas nossas contas, o investimento já beira agora os R$ 170 mil aplicados, acreditem, em um Gol 1984 quadrado.

Mas será que o empresário Wylame Pinheiro se arrepende?

Segundo ele não, “Pela minha adrenalina [...]", diz ele, mas que se tivesse que montar outro novamente, compraria um pronto, "Compraria um carro pronto já”, afirma ele.

O gosto de Pinheiro por #Carros preparados, começou quando ele ainda era adolescente, seu o primeiro "bravo" foi um Corsa ano 2002, com suspensão a ar, o único de Sobradinho, lembrando o apaixonado que "só dava ele" na cidade.

Publicidade

Encontro com seu Gol 1984 em 2012 "encamisado"

E o "encontro" que o fez se apaixonar pelo Gol "quadrado", só veio a acontecer anos mais tarde, em 2012, com uma relação que no começo foi só dor de cabeça e despesas, com o golzinho que mais ficava na oficina do que na rua.

Descobrindo depois da troca de mecânicos, que o motor 1.9 do gol, na verdade era um motor 1.8 “encamisado”.

Foi então que ele decidiu que tudo seria refeito, transformando o antigo motor num potente 2.0, com partes importadas e outras até forjadas. A nova criança, seria ainda sobrealimentada, usando um turbo "básico" de 2.5 kg, o que acabou deixando o gol quadrado com potencia de cerca de 650 cv.

E o carro ainda não esta pronto conforme ele conta, falta pouco para terminar, diz ele, com o carro de novo na oficina, depois de estourar um câmbio do GTI de 5 marchas, na última tentativa de medir a potência de 650 cv do carro num dinamômetro.

O empresário Wylame Pinheiro, no seu dia a dia é dono de um lava-rápido em Sobradinho e o Gol só sai da garagem nos finais de semana para um passeio com a família ou para ir a encontros de fãs de carro preparados e de disputas arrancadas.

Publicidade

O pequeno Cauã, seu filho de apenas 8 anos, também já dá sinais de que está na mesma onda do pai e Pinheiro diz que o garoto de amarra em acelerar.

Já a mãe de Cauã e esposa do empresário diz, que prefere hoje, que ele gaste no carro do que como era no passado: ter que fazer visitas a Wylame num hospital, cada vez que ele tinha uma queda de moto. #Motores Preparados #Arrancadas