O veículo foi equipado com uma tecnologia futurista denominada de autocondução [VIDEO]. Atualmente ela está restrita apenas aos protótipos que estão sendo fabricados pelas empresas de Elon Musk, a Tesla Motors. Entretanto, outras fábricas de #Carros, como a General Motors, também estão se empenhando em desenvolver esta tecnologia. A GM lançou recentemente no mercado o protótipo do Cadillac CT6 2018, também chamado de Super Cruise (Super Cruzeiro, em tradução livre). Os idealizadores do projeto estimam que nos próximos anos a tecnologia de autocondução ou direção autônoma esteja disponível ao público em geral.

Apesar do recurso de piloto automático, os responsáveis pelo projeto querem que os motoristas mantenham suas mãos ao volante, tudo para garantir uma segurança maior.

Publicidade
Publicidade

Mas, por outro lado, estima-se que o piloto automático instalado no Super Cruise seja capaz de conduzir o veículo de forma segura por longos trajetos.

Um artigo publicado pela revista norte-americana Mashable explica que o condutor Michael Nuñez foi levado da cidade de Manhattan, em Nova York, até Washington, capital dos Estados Unidos, em Cadillac CT6 sem precisar pôr as mãos no volante . Em uma viagem de 4 horas, ele descobriu que o Super Cruise é muito eficaz. A moderna tecnologia usa GPS e câmeras serve para rastrear o trajeto.

Os pesquisadores da empresa da GM mapearam em torno de 260 mil quilômetros para tentar ajustar a ''linha azul'', que serve como linha invisível responsável por orientar o sistema de navegação do veículo durante o trajeto.

O sistema é ativado a partir de um botão instalado no Super Cruise. Os pesquisadores explicam que quando o piloto autônomo está ligado, uma luz verde instalada atrás do volante se ascende e faz com que o sistema comece a conduzir o carro para o motorista.

Publicidade

Após testar o sistema, Nuñez explicou que o carro comportou-se bem no trânsito. Durante a viagem de 4 horas, o motorista disse que se sentiu muito confortável a ponto de permitir que o veículo fosse conduzido de forma autônoma.

Para ele, a autocondução não apresentou nenhuma diferença comparada a direção de modo convencional. Nuñez classificou o teste como perfeito e explica que o veículo que o levou para Washington não teve nenhuma interferência sua. A experiência foi classificada como confiável.

Estima-se que este sistema possa evitar muito acidentes de trânsito. Em longas viagens, o condutor que estiver cansado poderá descansar e tirar um cochilo sem precisar parar para isso. A nova tecnologia está próxima de se tornar uma realidade. #Motorista Automático #Carro com piloto automático