Não há nada melhor do que chegar em casa após um dia produtivo e cansativo de trabalho e não ter que ficar horas e horas por conta do trabalho do lar, não é mesmo?

Com a correria do dia-a-dia e com o desemprego em alta, a alternativa está sendo buscar uma renda extra pro final do mês não fechar no vermelho, e com isso o tempo vai ficando ainda mais corrido, não possibilitando o cuidado integral com a casa. Por isso é indicada uma avaliação de um horário adequado para os afazeres domésticos, por exemplo, antes ou depois do trabalho, ou em algum outro intervalo. Crie uma rotina de manutenção. Uma vez que a casa está organizada, é muito mais simples de limpar e é muito mais simples de manter tudo organizado. Então seguir diariamente a mesma rotina possibilita viver numa casa limpa, bonita, que você goste e tenha orgulho de chamar de sua.

Uma sugestão simples e que com o passar do tempo acaba se tornado habitual é arrumar a cama assim que acordar, antes mesmo de ir ao banheiro ou tomar café. Isso faz com que você não se distraia com outro afazer e acabe se esquecendo ou deixando para mais tarde. Na questão "roupa jogada pela casa", uma dica muito simples e prática são os cabides de porta, que ficam pendurados na parte de trás da porta, ou seja, ficam imperceptíveis, além de serem ótimos para colocar bolsas.

Nas lixeiras, coloque sete sacos plásticos, um por dentro do outro, ou o suficiente para a semana. Isso ajudará a economizar tempo, pois quando for retirar o lixo, já vai ter outro logo por baixo para ser utilizado.

Dia da faxina

Pra se livrar daquele temido “dia da faxina” vale aderir a um cronograma semanal para seguir uma rotina bem dividida e que não consuma muito tempo. Limpar de imediato o que sujou e guardar o que usou também é uma ótima maneira de manter tudo limpinho e no lugar certo. Descartar ou doar o que não está mais sendo utilizado por você ou pela sua família também ajuda demais na organização, além de desocupar lugares que poderiam estar sendo utilizados de maneira realmente funcional. #Dicas #Comportamento