Não há nada mais agradável para os olhos do que uma sala de estar bem decorada. Independentemente do tamanho, é possível fazer de uma sala um lugar muito agradável. Nem sempre há necessidade de requinte e luxo para decorar. Criatividade também conta bastante. É exatamente na #Sala de Estar que as visitas são recebidas. Se os visitantes têm uma ótima impressão quando adentram nela, certamente comentarão com outras pessoas sobre o bom gosto do anfitrião. E isso é um elogio. De certa maneira, a sala é o ‘cartão de visita’ do dono de uma casa.

Harmonia entre os tons e cores

Uma sala deve ser um ambiente que inspire alegria.

Publicidade
Publicidade

Não adianta nada caprichar nos móveis e na sofisticação e esquecer um detalhe relevante: a combinação e harmonia das cores. E tudo começa com a pintura das paredes internas. O ideal é que possua apenas um ou dois tons. Um erro que se deve evitar é o de pintar todas as paredes com cor diferente. Trata-se de muita informação para o olhar. Evidentemente, não se deve descartar a possibilidade de ter mais alguns tons nos próprios móveis do ambiente. Mas isso deve ser feito com cuidado. Uma combinação errada entre tons ainda é suportável. No entanto, uma discrepância muito grande pode tornar o ambiente de uma sala um lugar nada convidativo.

Sobre a combinação das cores: se o sofá da casa é marrom, combiná-lo com a parede de tom azul turquesa dá certo ar de modernidade e leveza ao ambiente. Para o tapete do centro da sala, é recomendável o marrom também.

Publicidade

Agora, para as cores das almofadas do sofá, a cor turquesa deve ser usada. Qualquer outro móvel em tom marrom acrescentaria harmonia. Imagine o ambiente descrito com as almofadas de cor vermelha. Percebeu a diferença? Se o sofá for vermelho, a diferença será maior ainda. Um contraste que não diz nada.

Outra dica de combinação de cores: vamos supor que o sofá seja da cor bege. Então, a parede terá que ter um tom cinza ou branco. Para as almofadas do sofá, cor preta ou branca. A parede pode até ser de cor preta, pois o bege do sofá daria uma esplendida harmonia. Uma mesa de centro ou outro móvel de cor branca completaria o ambiente. São diversas as possibilidades, mas para quem tem dificuldade com a harmonia de tons, buscar a ajuda de um profissional em #Decoração de interiores faz toda a diferença. Decoração é um ‘mundo’ a ser explorado. As pessoas percebem que os ambientes domésticos ou não estão inseridos no contexto da decoração. E que ela tem um valor relevante para a sociedade.

Para finalizar, decorar é uma forma de arte. Para compor uma bela música, a perfeita harmonia das notas musicais é o diferencial, assim como são as cores para a decoração de interiores. No entanto, fazer arte não é tarefa fácil. A observação e percepção devem ser um exercício constante para se alcançar excelentes resultados. Para quem deseja se aventurar na profissão de decorar interiores, a capacidade nata de observar é a ferramenta que proporcionará o sucesso. #cores,