Bom frequentador das mesas de Portugal e do #Brasil, o caldo verde é uma #receita conhecida há séculos e que passa de geração para geração. Seus ingredientes básicos são a batata e a couve. Mas há variações da receita no Brasil em que a batata pode ser substituída pela mandioca.

A origem do caldo verde vem aproximadamente do século XV, mais especificamente da região Norte de Portugal. A cada região em que era descoberto, havia algumas adaptações.

Como a composição batata/couve era barata e fácil de achar pelos campos e pelas hortas cultivadas pelos lavradores portugueses, o prato adquiriu popularidade e não parou mais de ficar conhecido.

Publicidade
Publicidade

Hoje, o caldo verde se permite acompanhar por pão (uma broa de milho ou pão de chouriço, por exemplo) e um bom vinho, de preferência, verde. Assim o fazem seus criadores d´além-mar.

Para quem gosta de impressionar na hora de servir, é recomendável que se coloque a sopa dentro de uma pequena tigela de barro ou, na impossibilidade desta, uma louça com coloração semelhante.

Curiosidades

A sopa é tão popular em terras lusitanas que, em 2011, o caldo verde foi eleito como uma das Sete Maravilhas da Gastronomia de Portugal, ao lado das sardinhas na brasa e dos pastéis de Belém. Em todo terceiro fim de semana do mês de julho celebra-se uma festa em homenagem à iguaria. Essa festa ocorre na cidade de Irivo, localizada dentro do concelho de Penafiel, Norte de Portugal e próximo às cidades do Porto e de Guimarães.

Publicidade

Receita de calvo verde

Ingredientes

4 batatas

2 linguiças portuguesas

4 dentes de alho

1 cebola média

1 couve portuguesa cortada em tiras finas

Água

Sal, pimenta, tomilho e azeite a gosto

Modo de preparo

Descasque as batatas. Encha uma panela grande com mais ou menos 1 litro ou 1,5 litro de água. Após essa etapa, coloque sal a gosto e mergulhe as batatas na panela com água. Pegue uma faca e corte a cebola em pedaços – de acordo com o seu gosto: pequenos ou grandes.

Junte os dentes de alho (inteiros), o tomilho e a linguiça inteira. Mantenha em cozimento até perceber que o ponto da batata esteja mole. Desligue o fogo e tire a linguiça da mistura. O que ficou na panela deve ser batido em liquidificador ou mixer.

Quando tiver formado uma massa, ligue novamente o fogo e transfira o produto batido para a panela. Acrescente a couve picadinha e salpique com pimenta a gosto. Cozinhe pelo tempo que achar necessário até buscar o ponto que lhe agrade.

Corte as linguiças em rodelas e as acrescente à sopa. Está pronta para servir e é ótima para os dias frios que estão vindo com a chegada do inverno.

Importante: a receita acima é uma base para fazer o caldo verde. Mas, em função da dificuldade de achar um ou outro produto, pode-se substituir a couve portuguesa por couve-manteiga.

Já a linguiça portuguesa pode ser substituída por paio. Para os que não gostam ou não querem a linguiça, outra alternativa – mais leve e sutil – é pôr alguns cubinhos de toucinho. #Culinária