Na terça feira (16) o Diário Oficial da União publicou como decisão do Conselho Federal de Medicina (CFM) a liberação do canabidiol prescrito, para tratar crianças e adolescentes com epilepsia e convulsões que não obtiveram respostas quando submetidos a outros remédios. O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) permitiu na última quinta-feira (18) que o canabidiol (CDB) pudesse ser importado de forma menos complicada.

O CDB é uma substância canabinoide que está presente na folha da maconha (Cannabis sativa). Segundo pesquisadores a utilização dessa substância não causa efeitos psicoativos ou dependência.

Publicidade
Publicidade

A substância dispõe de grande potencial terapêutico neurológico, e pode apresentar vários princípios ativos, como: agir nos distúrbios do sono ansiolítica (diminui a ansiedade), antipsicótica, neuroprotetora, anti-inflamatória e antiepilética.

O canabidiol (CDB), antes era importado mediante exibição de laudos médicos e formulários antes de cada compra, ou seja, a cada pedido do medicamento era obrigatório apresentar novos documentos, mas com a decisão da Anvisa os documentos necessários para a importação passaram a ter validade de um ano.

É de grande importância salientar que algumas "drogas" utilizadas nas pesquisas terapêuticas não devem ser consumidas sem prescrição médica ou aleatoriamente, de acordo com pesquisadores, a ingestão de drogas em grandes quantidades geram efeitos negativos ao paciente podendo leva-los até à morte.

Publicidade

Porém, algumas substâncias presentes nelas podem ser a chave para a cura ou tratamento de doenças degenerativas, como é o caso do canabidiol (CDB), utilizado para o tratamento para o mal de Parkinson.

Atualmente, são grandes os avanços das técnicas de biotecnologia na busca do melhoramento genético de seres vivos ou de partes deles em prol de interesses humanos, porém esses avanços científicos na área de genética geram implicações de conceitos morais, éticos ou legais. #Curiosidades