Um ano e meio depois de uma falha que ameaçou atrapalhar sua busca de mundos além do nosso sistema solar, a 'Nasa's 'Klepler espaçonave' encontrou outro planeta, os astrônomos anunciaram nesta quinta-feira. O novo planeta é de 20.000 quilômetros de diâmetro, cerca de duas vezes e meia o tamanho da Terra, e 12 vezes a massa, e foi colocado em uma categoria de planetas chamados super-Terras, planetas que não existem no nosso sistema solar. Este planeta fica circundando uma estrela ligeiramente inferior à do Sol, cerca de 180 anos-luz daqui, na constelação de Peixes à distância de apenas 8,4 milhão milhas, menos de um décimo da distância entre nós e nossa estrela.

Publicidade
Publicidade

Kleper foi projetado para olhar um pedaço de estrela por quatro anos e para assistir uma piscadela causadas por planetas que passam na frente deles. No início de 2013, no entanto, uma das rodas de reação que mantem o telescópio em questão, quebrou . Engenheiros descobriram uma maneira de compensar usando a pressão da luz solar nos painéis solares de Kepler para estabilizar a nave espacial por períodos menores de tempo.

Durante um teste de nove dias realizado em fevereiro com o telescópio, uma equipe liderada por Andrew Vanderburg do centro Havard-Smithsonian de Astrofísica, detectou um planeta que passa na frente de uma estrela conhecida como HIP 116454. O satélite canadense confirmou a presença de um planeta, o que os astrônomos alegam que trata-se de um planeta com presença de água, ou de um "mini-Netuno", com um pequeno núcleo de atmosfera gasosa esvoaçante.

Publicidade

A missão Kepler da Nasa descobriu mais de 950 planetas confirmados que orbitam estrelas distantes

Diante dessas informações temos certeza que o que sabemos sobre o nosso vasto universo é muito pouco ainda, Ainda virão muitas descobertas, ainda mais quando vemos que a tecnologia vem avançando a largos passos.

Há muito ainda a ser garimpado, estudado e analisado nessa imensidão do espaço, mas acho que diante de todo esse estudo e pesquisa surge um questionamento que todos nós fazemos, haverá vida em outros planetas ? #Curiosidades