O cigarro pode causar muitas doenças diferentes nos fumantes. Problemas ligados ao coração, circulação, pulmão e doenças respiratórias são algumas delas. Em cada tragada que o fumante dá, são inaladas mais de 4700 substâncias tóxicas. Algumas são mais perigosas do que as outras. São elas: nicotina, monóxido e alcatrão. Essas substâncias são destaques entre as outras, porque elas são as piores e causam problemas graves para os fumantes.

A nicotina faz com que a pessoa fique dependente do cigarro. Ela chega ao cérebro mais rápido do que a cocaína. Seu efeito faz com que o fumante tenha problemas de circulação e doenças cardíacas.

Publicidade
Publicidade

O monóxido tem uma substância comparada com aquela que sai do carburador de um carro. A reação que essa substância pode causar é a redução de oxigenação sanguínea no corpo. Ela traz problemas de abstinência para os fumantes como as dores de cabeça entre outros.

O alcatrão é o pior de todos, pois reúne vários químicos cancerígenos como polônio, chumbo e arsênio. Os cânceres de boca, laringe ou estômago têm ligação com o alcatrão e a sua união é prejudicial à saúde. As principais causas da morte dos fumantes estão relacionadas ao câncer de pulmão. Além de ter um mau hálito o fumante pode ser acometido por cáries com bastante frequência.

O tabagismo acarreta grandes destruições dos órgãos e faz com que os pulmões percam a elasticidade dos tecidos. Essas ações podem levar o fumante ao câncer de pulmão ou a ter problemas como bronquite ou enfisema.

Publicidade

O fígado está sujeito a desenvolver câncer por causa da nicotina aspirada. O fumante pode ter problemas como úlceras, estômago e gastrite gerada pelo cigarro.

Se essas substâncias afetarem o cérebro, o fumante corre o risco de ter um derrame cerebral que pode prejudicar sua saúde física para o resto da vida. A nicotina e o monóxido trazem doenças como o entupimento dos vasos sanguíneos, aneurisma e dilatação dos vasos. Alguns desses fatores podem levar o fumante a ter tromboangeíte, levando à amputação dos membros.

O cigarro afeta o coração pode levar o fumante a ter infarto. Ele também eleva a pressão arterial e aumenta o risco do colesterol alto. De acordo com os fumantes que se livraram do vício, ter largado o cigarro proporcionou uma vida melhor.