Se você é homem e está lendo está matéria, tome cuidado, você pode estar dentro do grupo de pessoas que podem ter traços antissociais de narcisismo e até psicopatia!

Esse foi o resultado da pesquisa realizada pelo professor Jesse Fox, da Universidade do Estado de Ohio, nos Estados Unidos. Muito comum nas redes sociais atualmente, as selfies viraram um vício. Não há quem tenha um celular que tire foto e que não queira registrar qualquer momento instantâneo da vida com um simples clique e lançar na internet.

Jesse Fox afirma que homens que tiram selfies e vão editá-las são mais narcisistas e têm maior tendência a auto-objetificação, ou seja, dão muita importância à própria aparência.

Publicidade
Publicidade

Segundo Fox, o resultado não generaliza todos os homens como narcisistas ou psicopatas, mas, diante dos voluntários do estudo que possuíam comportamento normal, com exceção de alguns índices que ficaram acima da média dessas características antissociais, algumas afirmações puderam ser tiradas.

Para que se chegasse a estas conclusões, foi realizada uma pesquisa online no periódico Personality and Individual Differences, com 800 homens com faixas etárias de 18 a 40 anos. Durante a pesquisa, perguntas relacionadas ao hábito de postar selfies nas redes sociais, além de seus comportamentos, foram feitas aos participantes.

O hábito de postar autorretratos estava associado à psicopatia e ao narcisismo. Contudo, em relação à psicopatia, a pesquisa não mostrou relação com o hábito que homens têm em editar suas fotos.

Publicidade

Para Fox, as respostas se entrelaçaram e fizeram total sentido, uma vez que a psicopatia é caracterizada pela impulsividade.

Um dos grandes problemas vistos na pesquisa foi a grande preocupação com a aparência, o que está associado à auto-objetificação, um fenômeno que relacionado à depressão e distúrbios alimentares. Contudo, isso raramente é observado em homens heterossexuais.

O crescimento das redes sociais pode se tornar o grande problema do século, tanto para homens como para mulheres, que estão colocando a aparência acima de qualquer coisa.