O câncer de pele é o mais comum que ataca o ser humano e muitas pessoas nem têm noção disso, mas se for diagnosticado em sua fase inicial, a chance de cura é de quase 100%. O tratamento para este tipo de câncer é a cirurgia e as cicatrizes são quase invisíveis.

O câncer de pele não-melanoma é o mais prevalente no Brasil com mais de 100 mil casos ao ano, segundo estimativa do Instituto Nacional (INCA). Nos Estados Unidos a Academia Americana de Dermatologia estima que haja 2 milhões de novos casos a cada ano.

A doença é causada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõe a pele. O câncer mais comum é carcinoma basocelular e o melanoma é o tipo mais agressivo e letal deles.

Publicidade
Publicidade

Existem alguns sinais de alerta como: uma lesão na pele que sangra facilmente, uma pinta preta que muda de cor e cresce, uma mancha ou ferida que não cicatriza.

A proteção da sua pele contra os raios solares é importante ainda mais para determinadas pessoas que pertencem a um grupo mais suscetível a desenvolver câncer de pele, chamado de risco:

  • As com antecedentes familiares de câncer de pele;
  • As com sardas ou muitas pintas, que tem a pele clara;
  • As que não conseguem se bronzear e já tiveram queimadura solar.

O ser humano necessita de uma quantidade de vitamina D no organismo para isso bastam 10 minutos de exposição ao sol duas vezes por semana, mas sempre usando protetor solar. Sempre que estiver em situação de exposição ao sol proteja-se, evite sair entre 10 e 15 horas, e lembre-se que o protetor solar sozinho não resolve.

Publicidade

Proteção solar consiste em um conjunto de atitudes:

  • Usar sempre filtro solar;
  • Usar camiseta;
  • Levar sempre guarda-sol quando for à praia;
  • Usar boné, chapéu e óculos de sol.

Como usar seu protetor solar:

Aplicar uma camada espessa nas áreas expostas ao sol 30 minutos antes de sair de casa. Reaplicar a cada 2 horas ou após transpiração excessiva - o fator de proteção (FPS) 30 é suficiente.

Nunca esqueça de usar o protetor solar no dia a dia: indo ao trabalho, andando na rua ou em qualquer outra atividade.

Importante: mesmo com o protetor fique o mínimo de tempo possível exposto ao sol.

O Dia Nacional de Combate ao Câncer de Pele acontece sempre no último sábado do mês de novembro em todo Brasil e o exame é gratuito.