Sabemos que a bomba atômica é uma arma poderosa que pode causar destruições alarmantes como a que ocorreu em Hiroshima. Porém não podemos subestimar a força da #Natureza. São inúmeras as catástrofes ocorridas devido a fenômenos da natureza.

Mais há algo mais forte que a bomba atômica. Ele se chama vulcão. Esse fenômeno da natureza já causou grandes tragédias na #História. Podemos dar como exemplo o vulcão de Krakatoa. Em 1883, a erupção vulcânica chegou a ser ouvida numa distância de 5 mil quilômetros. Houve 36,4 mil mortos e durou cerca de 100 dias. A explosão foi 10 mil vezes maior que a bomba atômica de Hiroshima.

Publicidade
Publicidade

Portanto, há forças na natureza mais fortes e com maior poder de destruição que a bomba atômica.

Conheça um pouco mais sobre o vulcão

  • O vulcão possui poder destruidor - modela a superfície do planeta formando novas terras, mas também a destrói. Uma erupção potente libera força maior que uma bomba nuclear, modifica o clima, acaba com vegetações, extermina animais, enfim, muda todo o ecossistema ao seu redor. Através dele a terra e toda a vida criaram condições para existência.
  • Próximos aos vulcões, há vulcanólogos que estudam e tentam compreender a intervenção desse fenômeno da natureza na terra. Esses profissionais arriscam suas vidas, mas devido à importância de suas funções, a presença deles torna-se essencial. Infelizmente, quando um vulcão entra em erupção muitos desses profissionais perdem suas vidas devido à proximidade que estão do vulcão.
  • Segundo a revista Super Interessante da editora Abril, nos últimos 500 anos as erupções já causaram mais de 300.000 mortes no mundo inteiro. Embora inevitáveis, tragédias como a do Pelée e a do Nevado del Ruiz, na Colômbia, em 1985, poderiam ter sido minimizadas se as autoridades tivessem alertado a população. 

O vulcão pode criar, mas também destruir.

Publicidade

É um fenômeno da natureza que mostra a força de um planeta cheio de perigos para a humanidade.

São exemplos do poder destruidor dos vulcões as tragédias ocorridas em Pompeia (Roma), que gerou cerca de 16 mil mortos. Em Portugal (1755), morreram 100 mil pessoas; Krakatoa (1883), 36, 4 mil vidas perdidas; Bangladesh (1970) com 500 mil mortos etc. E alguns estudiosos da atualidade informam que uma das prováveis tragédias que podem ocorrer neste século é a do famoso vulcão japonês no Monte Fuji. #Curiosidades