A dengue não tira férias. Ela causa dores, febre, mal estar e se instala em qualquer local com água parada. Seja água limpa ou suja, o ideal é que você esvazie objetos com água desprotegida ou tampe. Também funciona se, em vez de colocar uma tampa, adicionar um pouco de terra. Com as notícias de carnaval e escassez de água na mídia, muitos se esquecem que a dengue não descansa e ela está gerando mais vítimas. Os casos de dengue estão aumentando no Brasil.

Um dos fatores que aumenta os casos de dengue no Brasil é a crise de água em algumas regiões. Com a pouca oferta de água, surgem também muitas poças de água parada.

Publicidade
Publicidade

Além disso, a população, a fim de armazenar água, acaba se descuidando e faz reserva em depósitos desprotegidos, como os baldes sem tampa. Isso gera larvas do mosquito Aedes Aegypti e elas transformam-se em novos mosquitos da dengue.

Para se ter uma ideia da multiplicação da dengue no Brasil, somente nesse ano subiu para 57,2 de casos a mais de pessoas contaminadas pelo mosquito. Em janeiro, foram detectados cerca de 40 mil doentes com dengue. O motivo para este fato é a crise de água, pois não é normal haver tantos casos assim em apenas um mês. Só em São Paulo, foram contabilizados cerca de 17.612 novos infectados.

Para evitar novos casos de contaminados pelo Aedes Aegypti, a solução é a prevenção. Com a prevenção, é possível atenuar a situação. Por isso, é importante observar os reservatórios de água domésticos.

Publicidade

Como são muitos domicílios, não é fácil controlar a dengue, mas se a população se unir e exercer ações preventivas, não haverá tantos doentes.

Segundo o ministro da saúde, Arthur Chioro (que já teve dengue duas vezes), é necessário tomar medidas preventivas nos reservatórios de água domésticos e cobri-los é essencial.

Agentes de combate a endemias aplicam larvicidas em reservatórios de água como baldes ou caixas de água descobertas, mas é essencial recebê-los e aceitar que eles coloquem remédio contra dengue. Infelizmente, nem toda a população aceita o produto, e isso também é outro fator gerador de novos casos de dengue.