Já é fato conhecido que a poluição não faz bem à saúde. Entre outras coisas, ela ajuda no aparecimento precoce de rugas e linhas finas no rosto, além de inflamar células e destruir o colágeno do corpo. Ao lado do cigarro e exposição ao sol sem proteção, ela é uma das maiores vilãs para o envelhecimento. A entidade de combate ao câncer de pele Skin Cancer Foundation afirma que 90% do envelhecimento da pele é causado pela junção da exposição aos raios solares e poluição.

E agora, uma pesquisa divulgada esse ano dá mais força para a tese de que mulheres que vivem no interior e no campo aparentam ser mais jovens por mais tempo em comparação às que vivem em grandes centros urbanos.

Publicidade
Publicidade

Essas últimas envelhecem até 10% mais rápido do que as primeiras. O estudo foi feito pela Procter & Gamble, que analisou a pele de 200 mulheres entre 30 e 45 anos. Após análise, foi feita comparação da qualidade de cada pele, sempre relacionando com o lugar em que viviam. De acordo com a Procter & Gamble, o ar poluído conta com mais de 200 substâncias químicas que danificam nossa pele, com consequências como a destruição da queratina. 

Tanto as mulheres que viviam nos centros urbanos quanto as do campo tinham estilos de vida semelhantes. Entretanto, as mulheres que vivem no campo são mais expostas à raios ultravioleta. Mesmo assim, a pele das que vivem em centros urbanos ainda foi maior. Wi Liu, dermatologista responsável pelo estudo, conclui que a poluição é um importante fator para acelerar o envelhecimento, pois rompe a barreira natural de proteção da pele.

Publicidade

E entre os principais poluentes, estão as fumaças de automóveis, de indústrias, cigarros e o ozônio.

Antigamente, acreditava-se que as partículas da poluição eram muito grandes para entrar na pele. Mas já descobriu-se que elas penetram, sim, em nossa pele. E pensando nisso, a indústria cosmética cria cada vez mais produtos para que mulheres e homens possam proteger a pele da poluição. Os detox cutâneos geralmente são indicados para uso durante a hora de dormir e servem para criar uma espécie de camada sobre a pele. Geralmente, os produtos são ricos em ácido ferúlico e vitaminas C e E. E com os cuidados certos no dia a dia, acredita-se que é possível recuperar os 10% perdidos.