Quem andar pelas ruas e clubes do Brasil, nos dias de #Carnaval, perceberá que o beijo está totalmente liberado. Embora o Dia Internacional do Beijo seja comemorado apenas em abril, fica claro que no carnaval o beijo é comemorado intensamente.

É nesta época festiva, com calor e bebida que parece liberar mais as pessoas. Elas perdem a timidez ou então se sentem mais dispostas a encontrar o beijo ideal entre tantas bocas que também procuram o mesmo, nos clubes e na avenida.

O beijo vem sendo louvado na literatura brasileira, na TV e, sobretudo na música. Canções como 'Beija Eu' de Marisa Monte celebram e afirmam; 'Beija eu! / Beija eu! / Beija eu, me beija / Deixa / O que seja ser...'.

Publicidade
Publicidade

Ou então músicas carnavalescas, como 'Ficar com você', do Cheiro de Amor, que transmite o teor libertador da folia: 'Já beijei um, já beijei dois, já beijei três / Hoje eu já beijei e vou beijar mais uma vez'.

Nem tudo é feito de flores (e beijos) nestes 4 dias de folia. Após este período aparecem consequentemente danos para a saúde bucal, pois várias são as moléstias que podem ser transmitidas pela saliva Na multidão liberada, cria-se o ambiente adequado para que as bactérias que causam doenças se proliferem.

Os danos podem incluir as cáries e gengivite, doenças geradas por vírus e bactérias, o sapinho, herpes labial e a temível sífilis.

A Aids também pode estar nesta sucessão de consequências para aquelas pessoas que buscam beijos no carnaval. Esta possibilidade não está totalmente confirmada e gera uma discussão na literatura médica.

Publicidade

Muitos especialistas sustentam que o contágio não acontece por meio oral, outros defendem que existe chances disto ocorrer caso as pessoas que estejam se beijando possuam feridas na boca.

A melhor solução para evitar doenças desagradáveis após o carnaval é ter um único parceiro. Para muitos a abstinência ao beijo parece ser quase inaceitável nos dias de Carnaval, mas existem pessoas que pensam ao contrário e preferem estar prevenidas para preservar sua saúde bucal. E estas certamente terão um pós carnaval sem problemas desagradáveis e sem arrependimentos.