Provavelmente você já se encontrou em alguma situação em que sentiu vergonha e constrangimento por causa das estrias vermelhas ou brancas. Para quase tudo na vida há uma saída satisfatória, basta seguir o caminho certo. Antes de qualquer coisa, é importante que se saiba o que são as estrias e como elas surgem.

As estrias se resumem a uma cicatriz na forma de um risco em alto relevo que pode ser de cor branca ou vermelha. Elas podem variar de um milímetro até 30 centímetros de comprimento e de dois a cinco milímetros de largura em alguns casos, alcançando até 6 centímetros. As estrias afetam homens, mulheres e até crianças.

Elas surgem devido a uma quebra das fibras que sustentam a elasticidade da pele formada por colágeno e elastina.

Publicidade
Publicidade

Qual a diferença entre estrias brancas e vermelhas?

As estrias vermelhas são uma espécie de cicatrização na pele, causada muitas vezes por fatores genéticos. Elas também podem ser fruto da desidratação da pele e potencializadas ao se esticar muito a pele em um curto espaço de tempo, como por exemplo, durante a gravidez.

As estrias vermelhas são mais recentes. Elas têm essa cor porque, ao tentar recuperar a região, o local se enche de vasos sanguíneos e sofre inchaço. Depois, as células se acalmam e se reúnem. É por isso que, aos poucos, as "ranhuras" na pele ficam mais claras.

Essa ruptura das fibras é causada por diversas situações. Veja algumas delas:

1 - Efeito sanfona: quando o indivíduo engorda e emagrece com muita frequência;

2 - Gravidez: durante a gestação, com o consequente aumento de peso e o crescimento da barriga;

3 - Ressecamento da pele: quando a pele é exposta ao sol em demasia há possibilidade de aparecimento de estrias;

4 - Excesso de exercícios físicos: quando seus músculos se desenvolvem rápido demais, a pele se estica.

Publicidade

Isso contribui para o rompimento das fibras e, consequentemente, o aparecimento de estrias.

5 - Tempestade Hormonal: Durante a puberdade, o corpo recebe uma grande carga de hormônios, o que causa grandes transformações no organismo. Isso possibilita o aparecimento das estrias.

Estrias vermelhas na gravidez

O aparecimento de estrias vermelhas é muito comum na gravidez. Elas podem ser suavizadas e até mesmo retiradas com tratamentos estéticos relativamente simples. As estrias vermelhas são mais fáceis de serem retiradas que as brancas. Por isso, o tratamento deve ser iniciado logo no aparecimento das primeiras estrias.

Durante a gravidez, mesmo que surjam algumas estrias vermelhas nas mamas, barriga ou costas, elas podem ser eliminadas com esfoliação e hidratação da pele. Para evitar o retorno e a piora no quadro das estrias mais antigas, é recomendado o uso de creme hidratante todos os dias.

Remoção

Para remover estrias vermelhas, esfolie o local três vezes por semana com a borra do café, aplicando em seguida um creme hidratante com vitamina A, o que ajudará na regeneração da pele.

Publicidade

#Dicas

Algumas dicas úteis vão ajudar no tratamento das estrias vermelhas. Evite banhos muito quentes, eles ressecam a pele. Beba bastante água para hidratar a pele de dentro para fora. Prefira sabonetes líquidos, pois eles não ressecam a pele. Use creme hidratante após o banho para facilitar a penetração na pele.