Durante o verão, é comum que as pessoas busquem tradicionais e novas formas de emagrecer. A cada ano, novos ingredientes se tornam os queridinhos da vez, e agora o abacate tem tudo para conseguir o título. Ele é um "pseudo-fruto" nativo do México que conta com 322 calorias e 29 gramas de gordura por unidade. Isso é entre 10 e 20 vezes mais do que qualquer outra fruta. Então, se o abacate possui mais gordura do que qualquer outra fruta, como ele pode ser um aliado da dieta? Das 29 gramas de gordura que uma unidade possui, 20 gramas são de gordura monoinsaturada, a chamada gordura boa

Confira abaixo quatro razões que fazem do abacate o alimento perfeito para perder peso.

Publicidade
Publicidade

Regula o colesterol

O Journal of the American Heart Association publicou pesquisa em janeiro desse ano com 45 pessoas acima do peso ideal, cada uma seguindo três dietas diferentes com o objetivo de reduzir o colesterol. Todas seguiram suas dietas por cinco semanas. A primeira dieta tinha menos gordura em sua composição e não permitia o consumo de abacate. O segundo tipo de dieta também não permitia abacate e tinha ingestão moderada de gordura. Já a terceira continha a mesma ingestão moderada de gordura do segundo tipo, mas incluía uma unidade de abacate por dia no cardápio. 

Resultado? O LDL (colesterol ruim) ficou menor no terceiro tipo de dieta, a que permitia a ingestão de abacate. Os outros dois tipos de dietas também ajudaram a diminuir o LDL, mas sem resultados tão impressionantes.

Publicidade

Os pesquisadores concluíram que o resultado se deu por causa da quantidade de gordura monoinsaturada na fruta. 

Reduz gordura abdominal

O óleo de abacate é perfeito para reduzir a gordura localizada abdominal. Pesquisa de 2013 realizada pela Universidade do Estado da Pennsylvania descobriu que, ao fazer com que pessoas ingerissem cerca de três colheres de sopa de óleo de abacate por dia durante quatro semanas, elas reduziam a gordura abdominal em cerca de 1.6%.

Já um estudo da Diabetes Care descobriu que uma colher de sopa de óleo de abacate possui nutrientes semelhantes ao azeite de oliva virgem. Mas sua vantagem é que ele conta com ponto de fumaça alto, ou seja, pode ser usado para fritar ou refogar sem criar radicais livres.

Sensação de saciedade

Consegue imaginar comer guacamole e emagrecer? Pois uma porção de guacamole pode ser muito eficaz para reduzir a fome. Estudo do Nutrition Journal analisou participantes que comiam meio abacate junto ao restante do almoço e concluiu que a vontade de comer diminuía em 40% durante as quatro horas seguintes.

Publicidade

Ou seja, duas colheres de sopa de guacamole (60 calorias) por cima de saladas ou carnes deixa o prato mais saboroso e ainda sacia. Mas, claro, não é permitido combinar a guacamole com nachos ou outros salgadinhos de milho.

Estabiliza a glicemia

Os benefícios do abacate vão além da gordura boa. A fruta possui quase 20 minerais, fito-nutrientes e vitaminas em sua composição, todos recomendados para a manutenção do peso. Em sua composição, há 14 gramas de fibras - importantes para a sensação de saciedade - e 66% da necessidade de vitamina K ideal para um dia inteiro. A vitamina K ajuda na sensibilidade à insulina e a regular o metabolismo do açúcar.

Estudo publicado pela Diabetes Care descobriu que quem ingeria mais vitamina K diariamente apresentava 19% menos risco de desenvolver diabetes ao longo de 10 anos. As folhas verdes são outra fonte da vitamina. Por isso, que tal adicionar de pedaços de abacate em sua salada?  #Beleza