Médicos especialistas, por comprovação cientifica, afirmam o ser humano necessita de no mínimo dois litros de água por dia, evitando assim de sofrer o ressecamento da pele e subsequente a degeneração dos tecidos.

Sendo o corpo humano em sua composição constituído de quase 80% de água, ela se torna essencial para a vida, sendo que, no esforço de árduos trabalhos ou nas correrias mundanas, é natural existir o desgaste constante e por consequência a destilação desta água ,e que por isto mesmo precisa ser reposta diariamente, pois sua falta no organismo pode levar a falência dos órgãos.

Isto tanto é verdade que uma pessoa normal pode passar "aquentar" um mês sem comer, mas não resiste e não sobrevive nem mesmo uma semana sem os benefícios desta água.

Publicidade
Publicidade

Existe muitas pessoas habitantes deste planeta que não levam isto a sério e preferem ingerir outras espécies de líquido, refrigerantes, cafés, suco industrializados, deixando esta água tão necessária em segundo plano.

Inclusive, existem aqueles que dizem passarem um mês inteiro sem tomar água. Mas o que não notam é que seu próprio corpo está aos poucos se deteriorando. Tudo bem, são escolhas pessoais e gostos, mas o que se deve compreender é que sem água todos sofrem uma deformação corporal que a pessoa só se dá conta geralmente quando é tarde demais!

É comum se ver pessoas de 40 anos parecendo ter 60 ou mais, isto acontece justamente pela falta de água no organismo. A princípio, se reflete no rosto envelhecido, onde rugas são salientes, deixando às vezes um rosto bonito com uma aparência horrível.

Publicidade

Esta falta de água vai se espalhando pelo corpo, a pele ressecada fica flácida, são as chamadas pelancas que ficam caindo e deformando braços e pernas.

Conhecidas personagens trazem em si, por dom da natureza, uma beleza fora do comum, mas que, por descuido, ou por simples falta de uma melhor informação em poucos anos a perderam, tendo que recorrer a médicos e a cirurgias plásticas, que podem no decorrer do tempo lhe causarem danos irreparáveis, sendo que sempre tiveram a seu dispor a melhor de todas as cirurgias, a manutenção de água no organismo.